Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Tita Belloli é prefeito de Criciúma por dez dias

Prefeito Salvaro e vice Ricardo Fabris entram em licença, para permitir espaço ao vereador, aliado no Legislativo
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 19/11/2020 - 17:30Atualizado em 19/11/2020 - 17:42
Tita Belloli assinando o ato de posse, entre Salvaro e Ricardo / Foto: Marciano Bortolin / 4oito
Tita Belloli assinando o ato de posse, entre Salvaro e Ricardo / Foto: Marciano Bortolin / 4oito

Um gesto que transmite um claro recado para 2021. O prefeito Clésio Salvaro (PSDB) e o vice Ricardo Fabris (PSD) assinaram, na tarde desta quinta-feira, 19, uma licença por dez dias, para permitir que o vereador Tita Belloli (PSDB) assuma a prefeitura no período. Um dos mais fieis aliados de Salvaro no Legislativo, Tita migrou do MDB para o PSDB durante o mandato mas não conseguiu reeleição no domingo, 15, ficando na primeira suplência. O ato de transferência de cargo ocorreu no Salão Ouro Negro, no Paço Municipal.

Tudo indica, nos bastidores e pelas falas do prefeito - ele reforçou isso em entrevista nesta quinta na Rádio Som Maior - que Tita continuará no Legislativo em 2021 já que, como anotou o jornalista Adelor Lessa em seu blog no 4oito, Salvaro deverá convocar até três vereadores para compor o futuro governo, abrindo vagas para suplentes. Com esta intenção, Salvaro já encaminhou a revogação, via Tribunal de Justiça (TJSC), da lei recentemente aprovada - e promulgada pelo próprio Tita - que não permite vereadores assumindo cargos no Executivo. Salvaro já tem o aval jurídico da sua assessoria para conseguir derrubar essa medida, abrindo caminho para as indicações.

Salvaro e a tinta na caneta

Salvaro entregou a prefeitura prometendo "tinta na caneta" para ações do prefeito interino Tita nos próximos dez dias. "É com muita alegria que a gente participa desse ato importante na vida da nossa cidade", salientou o prefeito. "Tenho certeza que você, Tita, traz um pouco dos teus 17 colegas vereadores. Essa caneta que vou passar para você tem a participação dos 17 vereadores que estão encerrando essa legislatura. Eu já fiz isso no meu primeiro mandato, quando o Edinho do Sindicato presidia a Câmara, depois o Toninho da Imbralit também. Não foi diferente com Júlio Colombo, Miri Dagostim e agora com Tita Belloli. Porque agora? Este ano tem sido um ano atípico, um ano diferente. Daqui deste Salão Ouro Negro, no dia 17 de março, nós tomamos uma decisão importante por conta da pandemia, as coisas vieram, e de lá para cá nós não paramos um só dia", explicou Salvaro, referindo-se à Covid-19.

Salvaro lembrou, ainda, que não se licenciou antes, dentro de 2020, pois havia o calendário eleitoral. "Passadas as eleições, mas ainda vivendo um pouco desta pandemia, que se apresenta agora como uma segunda onda. A vida tem que ser colocada em primeiro lugar. Os cuidados com a saúde precisam ser redobrados, mas nós não podemos, sob hipótese alguma, desligar a cidade da tomada e parar suas atividades. A vida precisa continuar", reforçou Salvaro. "Tenho certeza que vamos te entregar a caneta desta cidade, para conduzir os destinos dessa gente que trabalha, que luta e tem amor fraterno por esta terra, em boas mãos", sublinhou o prefeito.

"Não precisa deixar uma marca"

Tita é casado e tem duas filhas. Atuou durante 15 anos no Detran e elegeu-se vereador pela primeira vez, pelo MDB, em 2012. Reelegendo-se em 2016. Buscava o terceiro mandato. É morador da Primeira Linha e, entre os destaques do seu mandato, destacam-se a estruturação do Laboratório de Atenção à Saúde da Pessoa com Fibromialgia na Unesc e a conquista do Serviço Aeromédico.

"Não precisa deixar uma marca, teu nome já está na história dessa cidade, de alguém que trabalha, que se dedica e conhece. O gesto que o governo pratica é em homenagem à Casa legislativa. Para se fazer um bom governo, é preciso de uma Câmara que ajuda, é preciso a participação de todos", emendou Salvaro, que citou a felicidade de Tita de assumir com o testemunho de seus pais, presentes no ato desta tarde no Salão Ouro Negro.

Dez dias sendo prefeito

"São dez dias, mas dez dias que ficam marcados na minha história. São dez dias que ficam marcados para todos nós e para o Legislativo também. Estou aqui representando os 17 vereadores", afirmou Tita, após receber o cargo. "Nós trabalhamos muito na Câmara, infelizmente não tivemos êxito, por três votos. Mas isso não me abala, tenho muita convicção que o dever foi cumprido, com muito trabalho, muita dedicação, colocando dois projetos importantes, um é o laboratório para pessoas com fibromialgia, com a Unesc, inédito no país, e o outro é o Serviço Aeromédico, que abre o envelope do resultado do edital na sexta-feira e em dezembro começa a funcionar", afirmou.

Tita, em seguida, reafirmou parceria com os projetos futuros de Clésio Salvaro, colocando que "o nosso prefeito precisa de voos mais altos". "Muito obrigado, prefeito, por esse momento importante, obrigado ao Ricardo e a toda a equipe. O derrotado é o que abaixa a cabeça, minha cabeça estará sempre para cima. Vamos trabalhar muito ainda, precisamos de voos mais altos, o nosso prefeito precisa de voos mais altos, e nós vamos ajudar ele nisso, e pela capacidade que ele tem, ele precisa ter voos mais altos, e vamos ajudar nisso", finalizou.

Mudança na Câmara

No período, o vereador Aldinei Potelecki (Republicanos) assume a presidência do Legislativo. "São dez dias que você assume, mas são dez dias que entram para a história de Criciúma e para a sua história", afirmou Potelecki. "Uma cidade precisa ter história, e você faz parte como prefeito da cidade. Que você possa ter sabedoria nesses dez dias para fazer o melhor por Criciúma que tanto merece ser bem cuidada, assim como o prefeito Salvaro tem feito. Ao prefeito e ao vice, que possam aproveitar esses dez dias de descanso para renovar as forças pois têm muito trabalho pela frente", afirmou o vereador, que assim como Tita não conseguiu ser reeleito na eleição de domingo, 15.

A deputada federal Geovania de Sá (PSDB) prestigiou o ato. "Criciúma sabe que você é comprometido, é capaz e ama essa gente, e dará o seu melhor nesses dez dias. O povo de Criciúma tem a segurança que você vai trabalhar de forma incansável, da mesma forma que o prefeito Clésio e o vice Ricardo têm se dedicado, fazendo gestão, sempre mais com menos", destacou a parlamentar.