Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Sul registra queda de 51% na venda de veículos

Números são relativos à abril em comparação ao mesmo período do ano passado
Por Marciano Bortolin Criciúma, SC, 22/05/2020 - 16:22Atualizado em 22/05/2020 - 16:24
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O impacto da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) é sentido em praticamente todos os setores e no automotivo não é diferente. O Sul do estado, conforme dados da Fenabrave/SC, registrou queda de 51,62% nas vendas de abril na comparação com o mesmo período de 2019. São os piores números entre todas as regiões catarinenses, o que acontece também com relação ao primeiro quadrimestre do ano: -26,86%. Foram emplacadas 6.017 unidades no primeiro quadrimestre de 2020, contra 8.227 no ano anterior.

O dirigente da Fenabrave/SC para a região, Renato Costa, lembra que os estabelecimentos reabriram no dia 8 de abril e ainda que os números podem ser ainda piores. "Ficaram carros do fim de março que foram emplacados em abril. Maio ainda estpa devagar. É difícil fazer uma projeção, mas acerdito que a queda vai ficar pro volta de 50% novamente", comenta Costa, acrescentando o período de mais negócios para o setor são os últimos 15 dias de cada mês. "Às vezes não vende quase nada e nos últimos 15 dias dá um "boom", fala. 

De acordo com o levantamento as vendas de Santa Catarina no primeiro quadrimestre de 2020, quando comparadas com o mesmo período de 2019, tiveram queda de -21,70%. Já quando comparado abril de 2020 a abril de 2019 a queda foi de -46,33%. Foram emplacadas 47.496 unidades no acumulado de 2020 contra 60.661 no acumulado de 2019. As vendas totais de veículos ainda registraram queda de 8,06% em abril, comparativamente ao volume de março de 2020.
No segmento específico de automóveis e comerciais leves, quando comparamos o acumulado dos primeiros 4 meses de 2020 com o mesmo período de 2019 encontramos queda de -23,40%. Foram emplacados no primeiro quadrimestre de 2020 30.390 unidades, enquanto no mesmo período do ano anterior, foram 39.672.

A frota circulante em Santa Catarina soma, hoje, 5.289.981 veículos, sendo que a maioria é de automóveis, em um total de 3.005.989.

Segundo a Fenabrave Nacional os dados do mercado brasileiro retornaram aos volumes de 1992, ou seja, 28 anos atrás. De acordo com o presidente da Fenabrave/SC, Júlio Schroeder, o setor não se difere dos demais quando se trata de analisar as consequências trazidas pela Covid-19. O fechamento das concessionárias, que em SC somaram 21 dias, somado ao fechamento de quase todos os outros setores econômicos trará resultados irrecuperáveis para a sociedade. Milhares de empresas e centenas de milhares de empregos devem deixar de existir. “Em que pese o que vem acontecendo, as concessionárias voltaram a operar seguindo rigorosamente as determinações e protocolos definidos pelas autoridades de saúde.” Reforçou Schroeder.


Desempenho por região

A Região Sul registrou a maior queda quando comparada ao mesmo período do primeiro quadrimestre de 2019, -26,86%. Foram emplacadas 6.017 unidades no primeiro quadrimestre de 2020, contra 8.227 no ano anterior. Já quando comparados os números dos emplacamentos de abril 2020 em relação a abril de 2019, a queda foi de -51,62%.

 

A Região do Planalto Serrano registrou decréscimo no primeiro quadrimestre deste ano de – 24,85% em relação ao mesmo período do ano anterior. Foram emplacadas 1.787 unidades no quadrimestre de 2020, contra 2.378 no mesmo período do ano anterior. Já se comparados os números dos emplacamentos do mês de abril 2020 em relação a abril de 2019, a queda foi de -48,54%.

 

Na Região da Grande Florianópolis houve decréscimo de -22,30% em relação ao mesmo quadrimestre do ano anterior. Foram emplacadas 9.496 unidades neste ano, contra 12.222 no primeiro quadrimestre do ano anterior. Já quando comparados os números dos emplacamentos de abril 2020 em relação a abril do ano anterior, a queda foi de -51,53%.

 

Na Região Oeste, os números tiveram queda de -20,34% no acumulado do primeiro quadrimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano anterior. Foram emplacadas 7.822 unidades no quadrimestre de 2020, contra 9.819 no ano anterior. Já se comparados os números dos emplacamentos do mês de abril 2020 em relação a abril do ano anterior, a queda foi de 39,43%.

 

Na Região do Vale do Itajaí, se comparado o acumulado dos 4 primeiros meses de 2020 em relação ao mesmo período de 2019, houve queda de -20,28%. Foram emplacadas 13.812 unidades no quadrimestre de 2020, contra 17.325 no mesmo período do ano anterior. Já quando comparados os números dos emplacamentos de abril 2020 em relação a abril do ano anterior, a queda foi de -44,84%.

 

Na Região Norte, os números tiveram decréscimo de -19,91% quando comparados os quatro primeiros meses deste ano com o mesmo período de 2019. Foram emplacadas 8.562 unidades no quadrimestre de 2020, contra 10.690 no ano anterior. Já quando comparados os números dos emplacamentos de abril 2020 em relação a abril de 2019, a queda foi de – 44,71%.