Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Seis em cada dez devem comprar roupas no Dia dos Pais

Pesquisa de intenção de compra da Fecomércio apontou Criciúma com o maior tíquete médio do estado
Por Redação Florianópolis, SC, 02/08/2019 - 22:23
Divulgação
Divulgação

Roupas (58,7%), perfumes e cosméticos (12,2%) e calçados (11,0%) devem liderar a lista de presentes para o Dia dos Pais em Santa Catarina, conforme a pesquisa de intenção de compras para a data, realizada pela Fecomércio SC em sete cidades do Estado.

A maioria dos catarinenses (79,6%) pretende pagar as contas à vista, principalmente em dinheiro (62,2%)- o índice chega a 73,9% em Joinville. O gasto médio deve ser de R$ 156,39, variação de -1,1% em relação ao ano passado (R$ 158,06). Os consumidores em Criciúma pretendem gastar mais (R$178,33).

O comércio de rua (71,2%) permanece como principal destino de compras. Blumenau (28,7%) destaca-se com o maior percentual de consumidores que pretendem garantir os produtos em shoppings centers, à frente da média estadual (19,5%).

“Além de aquecer as vendas do varejo no segundo semestre, impulsionado pela renda extra do 13º e FGTS, o Dia dos Pais também movimenta o setor de serviços. A pesquisa aponta que este ano 14,4% devem sair para almoçar ou jantar fora”, afirma o economista da Fecomércio SC, Luciano Córdova.

A percepção sobre a condição financeira interfere nas decisões de consumo. Neste ano, quase a metade (49%) das famílias declarou que a situação está melhor do que o mesmo período do ano anterior, 30,6% apontaram que permanece igual e 20,1% afirmaram que estão em pior situação. As avaliações positivas são ainda maiores em Lages (54,7%) e Chapecó (52,6%).

A pesquisa foi realizada entre os dias 05 e 19 de julho, com 2.088 pessoas, nas cidades de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joinville, Lages e Itajaí.