Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Segunda noite do Festival Uma Canção para Criciúma empolgou

Foram 12 apresentações na noite desta quinta-feira, no auditório Ruy Hülse; Luiane e Isadora ganham prêmio de melhor intérprete da noite
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Criciúma, 14/11/2019 - 21:16Atualizado em 14/11/2019 - 21:18

Foi sucesso total a segunda noite do Festival Uma Canção para Criciúma, evento organizado pela Fundação Cultural de Criciúma, em parceria com a Rádio Som Maior e a Unesc.

Foram mais 12 canções apresentadas nesta quinta-feira, 14, com a temática da cidade de Criciúma. O Festival segue na sexta-feira, com mais 12 apresentações. No sábado, os 12 finalistas sobem novamente ao palco e será definido o trio de campeões.

O público estava animado desde o começo. No fim do segundo dia, o prêmio de melhor intérprete da noite ficou para a dupla Luiane de Resende Soares e Isadora Almerindo, pela canção "Amada és"

O Portal 4oito faz a cobertura minuto a minuto, com detalhes do que rola nos quatro dias de evento. A finalíssima terá também a transmissão da Rádio Som Maior. 

Canções apresentadas nesta quinta-feira

Vamos pro Novo - Amanda Palheta

Canto de Amor a Ti - Grupo Mate Amargo, música de Jeferson Braz "Madruga" e Paulo Ricardo Costa

Nasceu Cidade - Eric Peter Otávio Ribeiro

Aqui É o Meu Lugar - Fernando Martins Barros, música de Fernando Martins e Cézar Teixeira

Amada És - Luiane de Resende Soares e Isadora Almerindo 

Criciúma Só Felicidade - Eduardo Pereira de Figueiredo

De Carvão Bruto a Diamante - Jean & Saulo

Água Negra - Fernando Zeferino

Criciúma, Aqui é o Melhor Lugar - Zedequias Senado, música de Geziel Freitas dos Santos

Criciúma Linda de Viver - Zê Bittencourt, música de Juarez Bittencourt

Canção para Criciúma - Arthur Vinícius, música de Jairo Duarte de Ávila e Celso de Souza

Fundação de Criciúma - Márcio Domingos, música de Márcio Domingos e Aldo Domingos

Acompanhe ao vivo:

21:11

Vamos encerrando essa transmissão, pessoal. Uma boa noite a todos e bom feriado. Amanhã tem mais! 

21:06

A imprensa é IMPARCIAL, mas me permito dizer: MERECIDO o prêmio de melhor intérprete pra dupla. Voltam ao palco para cantar "Criciúma, amada és". 

21:05

O melhor intérprete da noite é...

Luiane de Resende Soares e Isadora Almerindo

O maestro Joel deu uma placa para as meninas!

O abraço da dupla! Comemora, Luiane. Comemora, Isadora. 

20:58

Seu pedido é uma ordem, Márcio! A galera canta junto o Laiá laiá e tem até banderinha.

A torcida crava: "é campeão!"

Será? 

Daqui a pouquinho o resultado. 

20:57

Vão-se as 12 apresentações. Agora todos no aguardo do vencedor da noite, que vai dar de lambuja mais uma palhinha pro público. Quem será o melhor intérprete desta quinta-feira?

20:56

Marcio pede que a galera grite o "la laiá laiá laiá"!

A segunda noite do Festival Uma Canção para Criciúma encerra com um samba!

No cavaquinho, canta junto, povo.

"Criciúma aqui do meu abraço

Esse samba que faço

É uma prece de amor"

O Márcio simplesmente SAMBA no palco. Bem demais! 

20:55

E por último, mas não menos importante:

"Fundação de Criciúma", de Márcio Domingos, música feita em conjunto com Aldo Domingos.

 

20:54

Foto com o artista! Zedequias PAPARICADO pelos fãs. Em breve sessão de autógrafos? Quem duvida, é louco! 

20:53

Embaladinha, é no arrocha!

A torcida grita: "É campeão"

Será que vai? Essa torcida vem forte, dê-lhe grito e apito! 

 

20:51

E a 11ª música é...

Vamo lá...

E a música é...

"Canção para Criciúma".

O Arthur Vinícius vai cantar a música de Jairo Duarte de Ávila e Celso de Souza.

Letra na tela, solta o som, gurizada! É a Rádio Som Maior, é a Fundação Cultural de Criciúma, é a Unesc, proporcionando essa noite mais do que especial! 

20:49

Tem braços pro ar, tem balões, tem galera! É a segunda noite do Festival Uma Canção para Criciúma. Faltam duas canções na noite, mais a apresentação bônus do ou da melhor intérprete da noite. Quem será????? HAJA CORAÇÃO, diz Denis Luciano. 

20:47

POR TODOS OS ÂNGULOS. Zê trouxe uma baladinha.

"ô ô, Criciúma linda de viver

A minha cidade encanta

Falo isso com prazer"

É ou não é? 

"Hoje teu nome é vitrine

Por seu time, o Tigre campeão

A bela do sul do meu país

Hoje é tema desta canção"

É o Tigre! Restam 14 canções: será que alguma vai mencionar o Próspera? Aguardemos. 

20:44

Zê Bittencourt é o 10 da noite. A fera vai cantar a música de Juarez Bittencourt, "Criciúma Linda de Viver". Manda ver, Zê! 

20:43

Pra quem não sabe, Daniel Costa é o 10 do Tigre. 

20:43

Dizem que o 10 é o número do craque.

Vamos ver quem vem na 10ª apresentação da noite. 

Vai ser melhor que o Daniel Costa, eu espero! 

20:42

Parece que o Zedequias GOSTA MESMO de Criciúma. Ele trouxe um CARVÃO pro palco. Cuidado, Zedequias, não vá se sujar!

Criciúma também gosta de Zedequias. Galera bate palma e grito. Tá bonito! 

"Viver aqui é descobrir

Riquezas mil, desde Brasil"

20:39

Tem teclado, tem letra, tem canção! E o Ruy Hülse canta junto! Parece que o Zedequias tem seus fãs na plateia! 

20:37

Tá na relação em Caps, tem grito de torcida, então vamos escrever em caps. "CRICIÚMA, AQUI É O MELHOR LUGAR", de ZEDEQUIAS SENADO, música de GEZIEL FREITAS DOS SANTOS. Vem animação aí, rapazeada. Nona apresentação! 

20:36

O melhor intérprete vai voltar ao palco pra se reapresentar. Já tem gritos de plateias, mas não vamos citar um pra não parecer que temos preferidos, porque nós não temos! Somos todos os 12! 

20:33

"Um calvário, centenário, são as veias de um grande coração

Pulsam forte, todo dia, indicando a nossa direção"

Esse é Fernando, nascido e criado no berço do Sul. São as Canções para Criciúma embalando a véspera de feriado. 

20:32

Tem mais música romântica no Ruy Hülse! Dedilhado de violão, violino no fundo...

"Teu rio... corta meu coração

água negra de carvão

pela rua, vejo a lua, e os palmares que a engradecem".

É poesia pura! Canta aí, Fernando, como se não houvesse amanhã! 

20:30

A oitava canção da segunda noite do Festival será "Água negra"

Vem aí Fernando Zeferino. 

20:27

Saulo ou o Jean já deram boa noite e esperam que a torcida goste. Vamo lá! 

"Uo uo uou urrá!

Entre, selva de pedras, negras brilhantes, você surgiu assim"

É o romantismo de Criciúma na sua essência. No embalo do arrocha, Jean & Saulo. "De Carvão Bruto a Diamante". 

20:26

Denis Luciano chamou a nossa transmissão minuto a minuto no palco. Que momento! 

20:25

"De Carvão Bruto a Diamante" é a sétima canção da noite. Segundo dia do festival chega na segunda metade. Letra na tela, manda ver aí, Jean & Saulo! 

20:23

EMBALOU! Solta a voz, Eduardo! Tem solo de guitarra, tem menção ao futebol! "A torcida toda se agita, o Tigre é campeão".

Vamo lá, Dal Farra, contrata o Eduardo! Série C, nem pensar. É o Tigre!

20:21

O Eduardo tem estilo até pra dispor as estrofes da música no papel. Tá no palco o Eduardo, "pra bater forte o nosso coração". Tem aplausos da plateia, tem flash, tem tendência!

20:19

Eduardo Pereira de Figueiredo tá que é só sorrisos! Ele promete trazer Só Felicidade para a sexta apresentação da noite do Festival.

Canta aí, Eduardo! "Criciúma Só Felicidade" no palco. 

20:18

Essa foi a canção "Para ti Criciúma, Feita com o Coração". É Luiane e Isadora deixando o palco. Por todos os ângulos! 

20:16

"Amada és", o nome é minimalista, mas a canção é potente! 

"Enfretaste muitas marés

Continuas sempre bela

Capital do carvão tu és"

Uma é a Luiane, a outra é a Isadora. Elas vêm forte na luta pelo prêmio!

20:13

Quinta canção, vamos lá! Capricha no sorteio aí, Denis Luciano. Tamo contigo!

"Amada és". De Luiane de Resende Soares e Isadora Almerindo. Elas compuserão e vão cantar! Vem mais duas vozes femininas aí e me falaram que promete!

20:11

Verdade seja dita: se tivesse concurso de melhor vestimenta, o Eric Peter Otavio Ribeiro vencia de lambuja! Mandou bem demais vestido de mineiro!

20:09

"Aqui é o meu lugar" é um sambinha do bom!

"Ouro preto
Mina escura
Fez história
Eternizou"

E é afinado esse Fernando, hein! Canta o samba!

A foto é aérea, é por todos os ângulos o Festival Uma Canção para Criciúma no Portal 4oito!

20:07

Quarta apresentação é...

"Aqui é o meu Lugar", de Fernando Martins e Cézar Teixeira. Quem canta é o Fernando.

Aqui é o lugar de todos nós, meu caro Fernando. Tamo junto!

20:06

E tem criança pra cima! A torcida faz QUALQUER COISA pra ganhar o prêmio. Disputa vai ser acirrada!

20:04

Eric acha Criciúma cidade boa de viver, tem que ter coragem, deixar crescer e de gente orgulhosa. Ele canta e a galera vai à loucura. Em pé, quem será? Não sabemos, mas tá curtindo o Festival, no fim é isso que importa! 

20:01

Sorteando a terceira apresentação...

Já foi o número 5 e o 11, Denis decide que a moça de verde faz o sorteio, ela escolheu o 12...

"Nasceu Cidade" é a música.

O Eric, intérprete e autor da canção, tirou onda: tá vestido de mineiro! Subiu ao palco sob aplausos e o sopro da corneta. Torcida foi à loucura!

Daqui a pouquinho vem a foto do Eric...

19:58

Essa é gaudéria!

"A grama verde que brotou de solo fértil
Traz o teu nome estendido uma a uma
Para a grandeza do teu povo, francamente
És a semente que germina Criciúma"

Mate Amargo veio a caráter pra cantar à Criciúma. 

19:55

OVACIONADA, Amanda Palheta deixa o palco. Vem novo sorteio aí. Denis Luciano chama Amanda pra escolher um número, que será o sorteado para a segunda apresentação. Será...

"Canto de Amor a ti", do grupo Mate Amargo, composição de Jeferson Braz Madruga, Paulo Ricardo Costa e Gustavo Borges Duarte. 

19:53

"Cresciuma, cresce mais
Criciúma assim se faz"

É um trechinho da letra de Amanda Palheta. Tem gritos de "uhul" e balões na plateia: é a torcida na busca do prêmio, junto com a Amanda. 

A música é: "Vamos pro Novo". Ritmo embaladinho na área. 

19:50

"Vamos pro Novo", de Amanda Palheta, autora e cantora, será a primeira canção da segunda noite do Festival. Tudo nos trinques, vai começar!

19:48

Errata: a ordem das apresentações será por sorteio. Vamos conhecer agora qual será a estreia. 

19:47

R$ 7 mil reais para a melhor canção do Festival, que será escolhida no sábado. Melhor torcida recebe R$ 1 mil. Então, é a velha história: "quem gostou faz barulho"!

19:46

Quantas palavras formam uma música? Se Marcio Domingos não errar a letra, serão 83 palavras e 16 la la la cantados na abertura da segunda noite do festival. Isso, também, se o jornalista que vos escreve não errou a conta. Tudo é possível. 

19:41

Jurados já estão a postos: 

Dóris Becker Machado Freitas – Representante da Academia Criciumense de Letras;

Edna Regina – Professora, representante da Unesc;

Gesiel Fernandes – Indicado pela Unesc;

Deise Marconi – Professora, indicada pela FCC;

Joel de Oliveira – Professor, indicado pela Unesc;

Claiton Rosado – Indicado pelo Conselho de Cultura;

Marone Falasha – Representante da música no Conselho de Cultura;

Neri Milanês – Maestro.

19:35

Hino de Criciúma inaugura a segunda noite do Festival Uma Canção para Criciúma. Quem aí conhece a letra? "Criciúma nasceste menina..."

"Salve, salve, Criciúma"! 

No sábado, Criciúma ganhará uma espécie de segundo hino, uma canção com a cara da cidade. 

19:32

O chefe da noite, Denis Luciano, ordenou: "todos em seus lugares, vai começar". 

19:29

É foto ou vídeo? Os sete jurados foram "flagrados" em momento de descontração antes das apresentações. Começa daqui a pouquinho!

19:17

A equipe da Unesc tá mais do que pronta pra começar os trabalhos. Saca só o Moisés Ribeiro Crispim, responsável pela operação visual do festival. Tudo o que rolar nos telões do palco é programado pelo Moisés, que mandou esse joinha pro pessoal do 4oito. 

19:13

Hoje serão mais 12 canções participantes do festival. Apresentação começa com a música Fundação de Criciúma, interpretada por Marcio Domingos, que fê-la em parceria com Aldo Domingos

19:12

Público vai chegando ao auditório Ruy Hülse