Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Quartel dos bombeiros ficará no mesmo endereço

Imóvel na Rua Dolário dos Santos foi construído em 1973 e passará por reforma e ampliação
Por Bruna Borges Criciúma, 15/04/2019 - 06:16
Arquivo / A Tribuna
Arquivo / A Tribuna

A sede do 4º Batalhão de Bombeiros Militares de Criciúma permanecerá onde está, na Rua Dolário dos Santos, Centro da cidade. A decisão foi tomada em reunião que ocorreu na Prefeitura de Criciúma e que contou com a presença do subcomandante geral do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, coronel Charles Alexandre Vieira, e do prefeito Clésio Salvaro.

No mês de março, uma audiência pública realizada no Salão Ouro Negro do Paço Municipal Marcos Rovaris discutiu possíveis destinos para a corporação. A primeira opção seria um terreno na Avenida Centenário, ao lado do Supermercado Angeloni, mas o imóvel foi descartado pelos participantes da audiência.

A intenção era oferecer o imóvel na Dolário dos Santos, de propriedade do Governo do Estado, em troca de outra área, ou seja, realizar uma permuta para o terreno e depois construir a nova sede no local escolhido.  

Para a opção na Avenida Centenário, além de estar em uma localização de difícil mobilidade em momentos de pico no trânsito, também foi considerada muito acima do valor para a concretização de uma permuta com a atual sede dos bombeiros, avaliada em R$ 6 milhões. Questões ambientais também foram alegadas para o descarte, principalmente a proximidade com o Rio Criciúma.

Os participantes da audiência pública também cogitaram outras áreas, como um terreno na Avenida Santos Dumont, próximo ao Cemitério Municipal do Bairro São Luiz, e outro também na Avenida Centenário, no Bairro Santa Bárbara. 

Ao final, ficou decidido que uma comissão seria formada para buscar novas áreas que pudessem atender aos requisitos elencados, em especial a localização que permitisse um deslocamento rápido das viaturas para qualquer ponto da cidade e para a região dos hospitais. 

“Porém, os imóveis que foram encontrados e que serviriam para a construção do quartel tiveram uma avaliação muito alta, preços muito altos. Ficou definido, então, nessa reunião, que a melhor opção seria os bombeiros permanecerem no mesmo endereço”, comenta o diretor de Patrimônio da Prefeitura, Valmir Luiz. 

Reforma e ampliação

Segundo o comandante do 4º Batalhão, tenente coronel Gustavo Campos, com a definição de que o endereço será mantido, agora o momento é de dar prosseguimento ao lançamento dos editais para a reforma e ampliação das instalações físicas do quartel, construído em 1973. O recurso de R$ 3 milhões já está garantido para a obra.

“Vai ser uma obra vertical, com três andares. Os projetos dessa obra já estavam todos prontos, mas nós achamos por bem buscar um outro terreno. Porém, o subcomandante achou por bem permanecer no mesmo local e, na verdade, trata-se de um bom local, a posição não é ruim, ela também é estratégica”, afirma Campos. 

Um posto avançado na Luiz Lazzarin 

Apesar de definir a permanência da corporação no mesmo local, a reunião na Prefeitura de Criciúma também iniciou as tratativas para que os bombeiros ocupem um terreno na Avenida Luiz Lazzarin. A ideia, no entanto, é construir no local um segundo quartel. 

“Tem um terreno muito bom que a Prefeitura nos apresentou, um local onde o Município pretende fazer um projeto de mobilidade, com a construção de um túnel. É um projeto para daqui cinco ou 10 anos, mas seria um segundo quartel”, declara o comandante.

“Estávamos em busca de um terreno para a construção da nossa sede, permanecemos no mesmo local, mas agora temos a projeção de ter dois endereços. Claro, vamos esperar as obras de mobilidade que a Prefeitura pretende fazer, mas temos a possibilidade de contar com dois quartéis”, enfatiza Campos. 

Anel Viário

Com esse projeto concretizado, a questão de conseguir chegar de forma mais rápida a todos os bairros da cidade seria resolvida, já que o terreno na Luiz Lazzarin tem acesso facilitado à região do Distrito do Rio Maina. 

O projeto de construção de uma segunda base para o Corpo de Bombeiros nessa localização também converge com uma das ideias levantadas na audiência pública do mês de março. Das áreas elencadas como possíveis para abrigar o quartel, a que mais agradou aos participantes foi buscar algum local próximo ao Anel de Contorno Viário.

Nesse endereço da Luiz Lazzarin, a corporação teria fácil ligação com o anel, principalmente se a conclusão da obra, que corresponde à quarta etapa, saia do papel os próximos anos.