Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Polícia trabalha em possível caso de pedofilia em Orleans

Serviço de inteligência flagrou que IP de um servidor da cidade baixou arquivos de pornografia infantil
Redação
Por Redação Orleans, SC, 13/11/2019 - 14:06Atualizado em 13/11/2019 - 14:09
Arquivo / 4oito
Arquivo / 4oito

Através de trabalho em conjunto da Gerência de Inteligência da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil (DIPC) e da Delegacia de Polícia Civil de Orleans, constatou-se que um IP (Protocolo de Internet) vinculado a servidor que atendia a cidade de Orleans, baixou arquivos para o dispositivo informático referente a pornografia infantil (fotos e vídeos de crianças de tenra idade em cenas pornográficas).

Após isso, identificou-se o titular do IP, cujos dados cadastrais estão em nome da titular, G. T. V., casada com D. de S., sendo instaurado o competente inquérito policial para apurar os fatos.

Consta do artigo 241-B da Lei n. 8.069/90: “Art. 241-B. Adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente.”

"Diante disso, requereu-se um mandado de busca e apreensão na residência, que foi cumprido no final da tarde de ontem, com o apoio do IGP, apreendendo-se dois aparelhos telefônicos celulares que serão submetidos à perícia", informou o delegado Ulisses Gabriel, que atua no caso.