Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Polícia Civil prende dois homens por armazenamento de pornografia infantil em Criciúma

Um deles tinha mandado de prisão em aberto por estupro de vulnerável
Por Guilherme Nuernberg Criciúma - SC, 18/02/2020 - 10:01Atualizado em 18/02/2020 - 15:19
Foto: Polícia Civil
Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil realizou em todo o país nesta terça-feira, 18, a Operação Luz na Infância 6. Na 6º fase da operação estão sendo cumpridos, no Brasil e em quatro países, 112 mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdo relacionado a crimes de exploração sexual infantil.

Em Criciúma, dois mandados foram cumpridos e os suspeitos, de 30 e 53 anos, acabaram presos em flagrante pelo armazenamento de pornografia infantil. A operação ocorreu no Centro e no bairro Boa Vista.

Um dos presos na operação era fugitivo,  ele possuía um mandato de prisão em aberto por estupro de vulnerável. De acordo com o delegado Fernando Henrique Guzzi, da Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI), foram localizados grandes quantidades de arquivos pornográficos no computador do homem de 53 anos.

A operação em Criciúma foi realizada por 11 policiais civis e quatro servidores do Intituto Geral de Perícias (IGP).

A pena para quem armazena esse tipo de conteúdo varia de 1 a 4 anos de prisão, de 3 a 6 anos pelo compartilhamento e de 4 a 8 anos de prisão pela produção de conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual.        

Estado e país

Em Santa Catarina, com apoio de 68 policiais, foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão e houve nove prisões em flagrante. A força tarefa nacional coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública ocorre em 12 estados do país