Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Os números da geração de empregos no sul em 2019

Em Criciúma, saldo é positivo de 2,7 mil vagas. Em percentual, destaque para Içara, que cresceu mais de 6%
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 20/12/2019 - 16:03Atualizado em 20/12/2019 - 16:05
Arquivo / 4oito
Arquivo / 4oito

Ainda falta tabular dezembro, mas apenas quatro municípios dos 27 da Amrec e Amesc apresentaram desempenho negativo na geração de empregos nos onze primeiros meses de 2019. Conforme os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério da Economia, Criciúma tem saldo positivo a 2,7 mil vagas e, em números absolutos, é o destaque regional. Na outra ponta, o Balneário Arroio do Silva perdeu 94 postos de trabalho de janeiro a novembro. Em percentual, o destaque entre os municípios com mais de 30 mil habitantes está com Içara, com saldo positivo de 6,57%.

Na região carbonífera, Criciúma lidera a criação de postos de trabalho em 2019, com 31.193 admissões e 28.473 demissões, um saldo de 2.720 vagas. Trata-se de um crescimento de 4,19% em relação ao mesmo período anterior. Somente em novembro, Criciúma admitiu 2.785 trabalhadores e demitiu 2.607, um superávit de 178 vagas, registrando variação de 0,26%. Em Içara, nos 11 meses de 2019, são 8.893 admissões e 7.864 demissões, um superávit de 1.029 vagas. Somente em novembro foram 791 contratações e 708 dispensas, um saldo de 83 com variação de 0,5%.

Ainda na Amrec, na soma do ano, Siderópolis aparece à frente de Içara em números absolutos, com saldo positivo de 1.114 vagas. Depois, destaques para Forquilhinha (510 empregos), Cocal do Sul (411), Orleans (377), Urussanga (247), Morro da Fumaça (221), Lauro Müller (124), Nova Veneza (109) e Balneário Rincão (7 vagas). O único município com desempenho negativo em 2019, conforme o Caged, é Treviso, que perdeu 85 postos de trabalho.

Na Amesc, Araranguá teve, de janeiro até novembro, 7.179 admissões e 6.886 demissões, um saldo de 293 vagas, incremento de 2%. Somente em novembro foram 610 contratações e 534 demissões, superávit de 76 postos, variação de 0,5%. Ermo registrou saldo positivo de 165 postos. A seguir aparecem Jacinto Machado (130), Praia Grande (124), Santa Rosa do Sul (99), Sombrio (98), Timbé do Sul (37), Maracajá (34), Meleiro (28), Balneário Gaivota (12), Morro Grande (6) e Passo de Torres (5 vagas). O índice ficou negativo na soma dos onze meses para São João do Sul (-10), Turvo (-17) e Balneário Arroio do Silva (-94).