Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Observatórios Sociais de SC se reúnem por eficiência e transparência na aplicação dos recursos públicos

Eleições são oportunidade para disseminar voto consciente, diz presidente
Redação
Por Redação Criciúma, 17/10/2020 - 18:28Atualizado em 17/10/2020 - 20:09
Divulgação
Divulgação

As eleições municipais serão tema do 11º Encontro Estadual de Observatórios Sociais– de segunda a quinta-feira da próxima semana (19 a 22/10), reunindo cerca de 400 envolvidos com a instituição em Santa Catarina. O 11º ECOS será virtual, em razão das limitações impostas pela pandemia da Covid-19, aberto ao público e com inscrições gratuitas. "A renovação das Prefeituras e Câmaras de Vereadores será uma oportunidade estratégica para a defesa da eficiente aplicação dos recursos nas diferentes esferas do poder público, além de ações em favor da transparência", considera Leomir Minozzo, presidente do OSB-SC.

 "As eleições municipais são as mais íntimas do cidadão, ele tem contato direto com os candidatos e, portanto, tem mais poder de influenciar, questionar e cobrar", acrescenta. "Os ajustes nacionais dependem das ações em nossos municípios, é neles que tudo acontece", reforça. Santa Catarina tem Observatórios Sociais em 30 cidades e foi a primeira unidade da federação a ter um Observatório estadual. Apesar da representatividade, o OSB-SC precisa de mais participação. "Nossa capacidade de orientar, monitorar e cobrar transparência dos gestores públicos vem aumentando na mesma proporção da adesão de voluntários – pessoas ou empresas e instituições", explica Minozzo.

Na próxima quinta-feira (22), entre 19 e 22h, um webinário reunirá Denise Schlickmann, secretária de Controle Interno e Auditoria do Tribunal Regional Eleitoral, e Ana Carla Bliacheriene, professora de Direito da USP e empresária. "Precisamos fomentar a ideia do voto consciente, de que as escolhas representam uma repercussão de no mínimo quatro anos de mandato,", alerta Minozzo.