Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
Eleições 2022

"Objetivo comum" une Raimundo Colombo, Salvaro e Amin

Na tarde dessa terça, os três se reuniram a portas fechadas na Prefeitura de Criciúma
Por Vítor Filomeno Criciúma, SC, 20/04/2022 - 09:51 Atualizado em 20/04/2022 - 09:53
Foto: Arquivo/4oito
Foto: Arquivo/4oito

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Na tarde dessa terça-feira, 19, o prefeito Clésio Salvaro (PSDB), o senador Esperidião Amin (PP) e o ex-governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD), reuniram-se no gabinete da Prefeitura de Criciúma. O assunto foi uma possível composição para as Eleições 2022.

Em entrevista ao Programa Adelor Lessa, da Rádio Som Maior, desta quarta-feira, 20, Colombo garantiu que foi apenas uma reunião normal, que terminou sem decisões, mas que demonstrou as afinidades dos três políticos.

Leia também:

Colombo, Amin e Clésio se reúnem em Criciúma

Salvaro, Amin e Colombo combinam de continuar conversando

"Uma conversa normal dessa fase. Nós estamos vivendo uma fase de troca de ideias. Não há uma definição. Nós temos um objetivo comum. Em muitas coisas, nós pensamos muito parecidos em termos de Santa Catarina. Mas realmente não tem nenhuma decisão, porque nem poderia ter. Apenas uma aproximação, um desejo de construir juntos. É uma fase em que se conversa muito e se decide pouco", explicou.

Questionado sobre a possibilidade de uma composição com Amin e Salvaro, o ex-governador admitiu que ela realmente pode acontecer. Inclusive, a reunião foi motivada por isso.

"Há uma intenção de que isso aconteça. A própria reunião mostra isso, mas essas coisas não dependem da vontade. Nós também queremos incluir outros, outras lideranças, outras siglas partidárias que devem se agregar. A decisão mesmo é marcar uma próxima reunião", comentou ele.

Sobre as intenções de cargo, Colombo apenas se colocou à disposição e afirmou que o momento é de união. "Eu quero colaborar, oferecer a minha experiência para o futuro. Pode ser ao governo, ao Senado, pode ser a nada. Eu já demonstrei, com as minhas atitudes, que eu consigo superar essas questões de ambição e assumir uma responsabilidade de servir à Santa Catarina. Nós temos de unir as forças", justificou.

Ouça a entrevista completa do ex-governador Raimundo Colombo: 

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito