Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

O próximo passo para o asilo crescer

Audiência pública nesta quarta-feira vai tratar da desafetação de rua em prol do São Vicente de Paulo
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 10/09/2019 - 17:22Atualizado em 10/09/2019 - 17:25
Presidente Zalmir Casagrande e a rua que será desafetada para o asilo / Foto: Denis Luciano / 4oito / Arquivo
Presidente Zalmir Casagrande e a rua que será desafetada para o asilo / Foto: Denis Luciano / 4oito / Arquivo

A prefeitura de Criciúma convoca para esta quarta-feira, 11, às 19h30min, no Salão Ouro Negro do Paço, uma audiência pública que tratará da desafetação de um trecho de cerca de 100 metros da Rua São Vicente de Paulo, no Bairro Michel, entre a Nilo Peçanha e a Afonso Pena. O objetivo é fechar a rua e transferir essa extensão para propriedade do Asilo São Vicente de Paulo.

"Com isso, vamos conseguir realizar um grande projeto, que é incorporar à estrutura atual do asilo o terreno que possuímos do outro lado dessa rua, criando um novo completo, uma nova ala de apartamentos que vai gerar renda para a manutenção futura do asilo", explica o presidente do São Vicente de Paulo, Zalmir Casagrande.

A proposta de desafetação da rua é do vereador Zairo Casagrande (PSD), com aval do prefeito Clésio Salvaro (PSDB). "A audiência vai aprovar o plano, que vira Projeto do Executivo que o prefeito encaminha e logo, com dispensas de pareceres, a Câmara vai aprovar, provavelmente por unanimidade. Daí o prefeito já poderá sancionar e providenciar o fechamento da rua para a entrega ao asilo nas próximas semanas", projeta o parlamentar.

Em uma avaliação preliminar, a própria direção do asilo argumentou junto ao prefeito que o bloqueio da rua causará impacto mínimo. "Passam poucos carros aqui, e as ruas próximas são asfaltadas, então o impacto será muito pequeno", confirma o presidente. "Esse projeto, saindo do papel, nos dotará de ao menos 30 apartamentos pelos quais poderemos cobrar um valor razoável, aceitável, e esse recurso acabará com esse déficit mensal de ao menos R$ 30 mil que temos", completa Zalmir.

Confira também:

 

Audiência vai discutir doação de rua para o asilo

O fim de uma rua em prol do São Vicente de Paulo