Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
Plenário

"Não há divergências entre Ricardo Guidi e eu", garante Salvaro (ÁUDIO)

Prefeito de Criciúma falou sobre sua ida para o PSD em entrevista à Som Maior
Por Stefanie Machado Criciúma, SC, 25/08/2023 - 09:02 Atualizado em 25/08/2023 - 09:17
Foto: Gabriel Mendes/4oito
Foto: Gabriel Mendes/4oito

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Para falar sobre a ida ao PSD e as movimentações para o pleito de 2024, o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro (PSD), concedeu entrevista no Plenário desta sexta-feira (25). Ainda, o político comentou sobre a relação com o governador Jorginho Mello, o andamento de obras na cidade e a inauguração do Complexo de Saúde Santo Agostinho no Rio Maina. 

Ouça a entrevista:

Filiado desde junho de 2023, Salvaro relembrou as discussões com lideranças do partido quando estava negociando sua ida ao PSD. Um dos combinados era que o prefeito tivesse a 'bênção' dos integrantes antes de se filiar. "O meu nome foi aprovado por unanimidade, com o voto do deputado Ricardo Guidi. Não há divergências entre Ricardo Guidi e eu. Estou muito bem habitado", comentou. 

O foco do prefeito, segundo ele mesmo, são os próximos 500 dias de governo e não as eleições de 2024. "Minha equipe está orientada a falar sobre política somente no calendário eleitoral, que deve ser a partir de março ou abril do próximo ano", enfatizou. 

Quando questionado sobre quem poderia compor a chapa do próximo ano, Salvaro citou os nomes de Acélio Casagrande, Arleu da Silveira, Celito Cardoso, Geovania de Sá e Vagner Espíndola. "Certamente será alguém do governo. Alguém que está colaborando. Pessoas que não estão no governo, mas que tem essa linha de pensamento que faz a cidade ir para frente. Não tanto para a esquerda, nem tanto para a direita", disse. 

Copyright © 2022.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito