Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Mais duas edições do Banana Bowl no Mampituba

Federação confirmou que a competição de tênis vai acontecer no clube criciumense em 2019 e 2020
Por Lucas Renan Domingos Criciúma, SC, 22/11/2018 - 09:08
Arquivo / A Tribuna
Arquivo / A Tribuna

A principal competição de tênis juvenil da América Latina terá como sede pelos próximos dois anos, mais uma vez, a cidade de Criciúma. A Federação Catarinense de Tênis (FCT) confirmou que a 49ª e a 50ª edição do Banana Bowl, está confirmada para acontecer na Sociedade Recreativa Mampituba. O clube já foi sede do campeonato também nos anos de 2017 e 2018.

A data escolhida para as disputas da categoria principal da competição foi entre os dias 9 e 16 de fevereiro de 2019. “E é possível que as disputas qualificatórias, que são o pré-quali e o quali, aconteçam nos dias 7 e 8 do mesmo mês”, afirmou o presidente da FCT, Alexandre Farias. Em 2020, a competição também já está confirmada para ser realizada em Criciúma, mas sem detalhes ainda definidos.

“O Mampituba tem a maior estrutura de tênis do Brasil. Quando eu ainda era diretor do esporte no clube e antes de assumir a federação, eu fiz a solicitação para esta competição vir para cá. Ela era realizada no Estado de São Paulo. Mas sem receber a devida atenção que merecia, ela poderia ter seu nivelamento rebaixado. Com a ida para Criciúma ela voltou a se fortalecer”, acrescentou Farias, justificando a escolha pelo Mampituba nas próximas duas edições.

Principais tenistas da categoria

Conforme o presidente, a 49ª edição do Banana Bowl, deve reunir os 48 principais tenistas da categoria juvenil do mundo. Um exemplo do nível dos atletas que podem disputar a competição é Thiago Wild. O paranaense foi vice-campeão do Banana Bowl em 2017 e, neste ano, fez história na modalidade. No mês de setembro, ele conquistou o torneio juvenil do US Open, apenas o segundo Grand Slam da categoria entre tenistas brasileiros.

Ele frisa ainda que o Banana Bowl é o sétimo torneio mais antigo do mundo nas categorias infanto-juvenil e o nono maior do mundo. “Como foi nas edições anteriores, a próxima edição com certeza vai ser um grande evento que vai movimentar a cidade. Já estamos iniciando a divulgação para que possamos ter um excelente público nos dias de jogos”, disse.

Copa Davis quase em Criciúma

O ano de 2019 reservava outra importante competição para Criciúma, mas não foi o que aconteceu. A FCT e a Confederação Brasileira de Tênis (CBT) estavam se alinhando para trazer para ao município o confronto entre Brasil e Bélgica, pela fase qualificatória da nova Copa Davis, que irá acontecer nos dias 1º e 2 de fevereiro. A competição só não aconteceu em Criciúma por um detalhe: a altura do Ginásio.

“Como foi definido que a Copa Davis seria disputado em local fechado, a altura do Ginásio Municipal não permitiu que a competição fosse realizada naquele local. Houveram inclusive conversas entre a CBT e o prefeito Clésio Salvaro, mas acabou sendo inviável. Então, a etapa será na cidade de Uberlândia”, revelou Farias.