Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Jogar a Larm, mas de olho no Catarinense da Série C

AEC monta elenco com jogadores sub-23 para o Regional da Larm com pensamento na volta ao futebol profissional
Por Lucas Renan Domingos Criciúma, SC, 23/08/2018 - 11:00
Em 2017, foi do time araranguaense o título do regional / Foto: Daniel Búrigo / Arquivo / A Tribuna
Em 2017, foi do time araranguaense o título do regional / Foto: Daniel Búrigo / Arquivo / A Tribuna

A estreia do Araranguá Esporte Clube (AEC) no Campeonato Regional da Liga Atlética da Região Mineira (Larm), está marcada para o dia 2 de setembro, contra o Cocal do Sul. Mas, o atual campão do regional vê a competição de 2018 como uma preparação para algo maior: a disputa do Campetonato Catarinense da Série C, o retorno do clube ao futebol profissional desde de 1995.

Bem por isso, o clube está montando uma equipe já focado no estadual em 2019. De acordo com o regulamento da competição, apenas cinco jogadores do elenco podem ser maiores de 23 anos. É a mesma postura que o Próspera que disputará a Série C a partir de setembro vem tendo na formação do time.

“Praticamente todos os jogadores que foram campeões com a gente no ano passado deixaram o clube e foram para outros, como Metropolitano e Caravaggio. Então vamos apostar nessa juventude para um trabalho mais a longo prazo, fazendo uma avaliação melhor dos atletas para termos um bom time em 2019”, afirmou o técnico do AEC, Geraldo Aurélio.

Jogos em Maracajá

Mesmo com uma equipe nova, Aurélio acredita que o time irá com força para o Regional. “Sabemos que alguns outros clubes estão com investimento maior para a competição. Mas sempre o AEC briga por fora e é essa nossa esperança”, avaliou.

Durante o campeonato, a equipe irá jogar longe de casa. Na final do Regional da Larm em 2017, a torcida do time invadiu o campo. O ato foi citado na súmula e a Larm puniu o AEC com perda de cinco jogos do mando de campo. “Os jogos serão todos realizados em Maracajá, no Centro Esportivo Municipal Antônio da Rocha”, acrescentou o treinador.

Para pegar o Cocal do Sul, o time tem realizado treinos em dois dias na semanas, nas quartas-feiras e nos sábados. “Inclusive neste próximo sábado iremos fazer uma partida contra o sub-20 do Tubarão. O regional é o início do nosso caminho para retornar ao futebol profissional”, concluiu Aurélio.