Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Foi dada a largada no Festival Uma Canção Para Criciúma

Acompanhe o minuto a minuto de tudo o que acontece durante o evento
Amanda Farias
Por Amanda Farias Criciúma, 13/11/2019 - 19:33Atualizado em 13/11/2019 - 19:50
Foto: Amanda Farias
Foto: Amanda Farias

Na primeira noite do Festival Uma Canção Para Criciúma o público conhecerá  as 12 canções do primeiro dia de evento, nesta quarta-feira, 13. As músicas estão sendo prestigiadas pelo público e avaliadas pelos jurados que fazem parte da comissão avaliadora. O evento teve início por volta de 19h,15 no auditório Ruy Hülse, na Unesc, e se estenderá ao longo dos próximos dias - quinta-feira, sexta-feira e também no sábado. O festival é realizado pela Fundação Cultural de Criciúma (FCC) e tem o DNA da Rádio Som Maior e Unesc.

Vale lembrar que das 36 músicas que se apresentarão nas três noites, 12 se classificam para a final, que acontece no sábado, quando as finalistas farão novas apresentações: três serão premiadas.

Acompanhe ao vivo:

20:58
João Paulo de Costa

João Paulo, vencedor da noite desta quarta-feira como melhor intérprete, com a música "Criciúma, eu acredito". 

20:54

João Paulo de Costa, que interpretou a canção "Criciúma, eu acredito", foi o grande vencedor desta noite, sendo reconhecido como o melhor intérprete.

 

20:48

Torcidas animadas em meio ao público para conhecer o melhor intérprete desta noite, que ganhará um troféu.

20:44

"Nesse Lugar" é a última música, das 12 desta noite, que o público está conferindo.  A canção tem a interpretação e composição de Igor de Oliveira. "Viver feliz nesse lugar" é a frase que entoa o refrão.

Igor de Oliveira

 

20:42

Adriana Martins Teixeira animou o público com a canção "Coração e alma criciumense", também composta por ela. Adriana, que fez questão de se apresentar com a camisa do Tigre e até embalou um rap em um dos momentos da música. "Meu coração é preto e branco e amarelo", é um dos trechos da canção.

Adriana Martins Teixeira

 

20:35

Cristian Aguiar foi quem interpretou a décima música desta noite: "Criciúma, orgulho de um povo", que conta com a composição de Tarciso Pereira. "Nossa linda Criciúma não és apenas mais uma no solo desse país", é um trecho da canção.

Cristian Aguiar

 

20:28

Agora o público confere a apresentação da música "Criciúma, eu acredito". A canção é interpretada por João Paulo de Costa e tem composição de Geziel Freitas dos Santos. Confira o refrão: "Eu acredito que aqui a gente pode ser feliz, que aqui a gente pode construi uma cidade cada vez melho para se viver. Eu acredito que nossa gente é cheia de valor, e não desiste mesmo em meio a dor, e faz valer a força de quem sabe onde quer chegar". 

João Paulo de Costa

 

20:20

"Terra Tão Rica" é a oitava música apresentada neste momento, com composição e interpretação da dupla Rhayana Brohlka e José Henrique Mota. "Carrega os seus ramos de vitórias e triunfos, vermelho ali pintado do nosso amor representado", é um trecho da música que traz os significados da bandeira da cidade e destaca alguns dos pontos turísticos.

Rhayana Brohlka e José Henrique Mota

 

20:14

Agora é a vez do Coral Vozes Cor de Rosa e Renascer. Com a união de diversas vozes, o Coral apresenta neste momento a canção "Cantando Criciúma", composto por 18 mulheres. A composição é de Antônio Luiz  Vernau e Sonia Lea Reichart.

Coral Vozes Cor de Rosa e Renascer 

 

20:10

A sexta música apresentada neste momento ao público é a "Canção do Imigrante", interpretada pelo animado trio Murillo Praxedes, Maurício Michel e Wendel Rosa, que levaram energia para a galera.

A música é composta por Cleunides de Nazaré Albuquerque da Silva

 

20:03

"Eu Sou Daqui e Não Abro Mão", é a quinta música apresentada ao público no Festival. Essa canção tem a interpretação e composição de Diego Pavei Damazio. Em seu refrão: "Criciúma, Criciúma! A tua glória é nossa gratidão. Criciúma com muito amor, nossa cidade em nosso coração. Eu sou daqui e não abro mão".

20:03

Quarta apresentação desta noite na voz de Everaldo Elias Vieira, que também compôs a canção "Grito Criciúma". "Canto esta cidade, grito Criciúma, amo esta cidade para viver", é o refrão desta canção que foi aplaudida pelo público.

19:56

Já a terceira música que está sendo apresentada neste momento é "Criciúma é Minha Cidade", interpretada e composta por Rafael Rosso.

Rafael Rosso

 

19:55

"Uma Canção Para Criciúma" é a segunda música apresentada ao público, com composição e interpretação de Cláudio Abreu.

Cláudio Abreu

 

19:51

Primeira canção desta noite - Para Sempre Criciúma, interpretada por Isabelle Ramos.