Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Everaldo João: Da paixão pela música ao sucesso profissional

Apresentador da Som Maior foi o convidado do programa Nomes e Marcas deste fim de semana
Por Émerson Justo Criciúma, SC, 30/12/2018 - 21:25Atualizado em 30/12/2018 - 21:35
Arthur Lessa / Rádio Som Maior
Arthur Lessa / Rádio Som Maior

Protagonista da música na região Sul de Santa Catarina na década de 1970 e com mais de 40 anos de carreira, Everaldo Apolinário João foi o entrevistado deste fim de semana no programa Nomes e Marcas com Adelor Lessa. O apresentador do programa Encontro com Everaldo João, da rádio Som Maior, falou sobre sua paixão pela música, sua carreira e como fez tanto sucesso, chegando a ter um dos maiores negócios de casas noturnas de Santa Catarina.

“Quando eu tinha 10-11 anos eu vi pela primeira vez os beats e me apaixonei. A partir daí vi que minha vida seria trabalhar com música de alguma forma”, contou. Assim, para se aproximar ainda mais da música, João começou a trabalhar em uma loja que vendia discos em Araranguá. Foi aí o seu primeiro contato profissional com o som.

Os clientes começaram a perceber o bom gosto do menino, então, com o surgimento da fita cassete, começaram a pedir que fizesse uma seleção de músicas e gravasse. “Eu me prendia no laboratório para ter silêncio, porque na época não existiam cabos, então eu gravava com os microfones direto nas caixinhas de som. Era bem rudimentar, artesanal. As pessoas gostavam e pediam mais. Eu fazia isso nos finais de semana”, explicou.

Não tendo muitas oportunidades, ele criava as situações. Seus primeiros eventos como DJ foram de forma voluntária em ações do Rotaract Club. “Quando eu completei 18 anos, eu convenci o Mazzuco a comprar o Grêmio Fronteira, e virei promotor do lugar, era uma casa de família. Eu tinha que criar algo que fosse com a minha imagem, a minha estampa, foi aí que nasceu a Eve’ Som”, relatou. A primeira vez que utilizou a nomenclatura foi em outubro de 1974.

Segundo João, na época não existia a denominação discoteca ainda, o que chegou a causar problemas a ele, já que com o seu sucesso, outras pessoas montavam negócios semelhantes e acabavam utilizando o nome Eve’ Som como se fosse uma denominação de casa noturna.

Percebendo que poderia lucrar mais, o DJ montou sua primeira casa noturna em Araranguá, na Avenida Getúlio Vargas. Logo depois expandiu, chegando a ter até quatro estabelecimentos: Araranguá, Arroio do Silva, Morro dos Conventos e Urussanga. “Meu melhor momento foi o começo, porque eu era exclusivo, não tinha mais ninguém fazendo isso na região Sul. Dos anos 70 até 85 era uma loucura, tinha noites de as pessoas ficarem na rua, porque não cabia. Eu posso dizer que os 40 anos foram sucesso, mas nesse primeiro momento foi o que mais marcou”, contou.

Mudança de nome

A marca Eve’Som durou até o ano de 1995, quando João decidiu mudar o nome, passando para Resumo. “Eu era o dono da casa, administrava e cuidava de tudo, então decidi não ser mais DJ, daí não fazia mais sentido ter esse nome”, esclareceu.

Nessa época, foi quando ele abriu o primeiro Pub, passando a chamar de Resumo Pub. “Era uma casinha aconchegante, meio underground. A ideia do pub era ser um barzinho mais intimista, uma coisa menorzinha”, descreveu.

Encerramento

Em 2014, Everaldo João parou de trabalhar em casas noturnas, sua projeção era trabalhar 30 anos no ramo, porém ainda acabou ficando mais dez. “Em 40 anos eu acho que fiz um bom papel, tá ótimo. Eu ia para o réveillon dos outros, e isso doía nos meus filhos. Eu era leal e fiel a atividade, até mesmo mais que a família, já que eu abria mão deles. Eu sou muito controlador, eu queria estar na abertura, durante o funcionamento, ver se estava tudo certo”, afirmou, após dizer que até os 15 anos de sua filha mais velha nunca havia passado a virada de ano com eles.

Para João, o principal motivo de seus negócios terem dado certo foi a paixão pela profissão. “A música é muito pessoal, quando eu faço a escolha de uma música para rodar na rádio eu tenho justificativa de porque estar colocando aquela música, então ela já vem com uma histórinha do motivo pelo qual ela está sendo inserida na programação”, ressaltou.

Ouça o programa Nomes & Marcas completo: