Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Encontro de sorrisos, carinho e respeito

Visita de alunos ao Residencial Geriátrico Nova Belluno proporcionou uma tarde de recordações e felicidade aos idosos
Por Bruna Borges Siderópolis, 11/10/2018 - 08:03
Guilherme Hahn / A Tribuna
Guilherme Hahn / A Tribuna

Uma tarde de encontro de gerações e uma ação que trouxe felicidade e amor para todos que tiveram a oportunidade de participar. Assim foi a comemoração de Dia das Crianças no Residencial Geriátrico Nova Belluno. 

Apesar de ser geriátrico, ontem a instituição recebeu a visita de pessoas que ainda estão longe dessa fase da vida. Os alunos do 4º ano do Ensino Fundamental da Escola de Ensino Básico Deputado Silvio Ferraro, de Siderópolis, foram convidados a passar uma tarde especial com os idosos que moram no local. 

O resultado foi de muitos abraços e sorrisos, tanto para os moradores quanto para os visitantes. “é muito bom que as crianças venham aqui, porque eles cantam, trazem muita alegria. E nós também fazemos uma ação social com eles”, comenta Hélio Gava, morador do residencial.

Os pequenos entregaram cartões e um cartaz confeccionados por eles mesmos para os idosos. Em agradecimento, os mais experientes presentearam as crianças também com cartões e um kit com guloseimas. 

Resultado positivo

A ideia da atividade surgiu da equipe de funcionários da Nova Belluno. “Nós queríamos fazer uma ação para comemorar tanto o Dia do Idoso, que foi 1º de outubro, e o Dia das Crianças. E pensamos em convidar os alunos de uma das escolas aqui da cidade, uma colega nossa falou com a diretora e ela adorou a ideia”, comenta a fisioterapeuta Flávia Moreira, idealizadora do evento.

“Então, nós unimos os funcionários, também alguns familiares dos idosos, a empresa apoiou, e conseguimos oferecer uma tarde com café, guloseimas, o kit para as crianças. Tudo para simbolizar o nosso carinho pela presença deles”, declara Flávia. 

Essa foi a primeira vez que o residencial realizou esse tipo de atividade e a conclusão é de que ela deve ser repetida. “O saldo é muito positivo, foi bem bacana. Deu para sentir que podemos fazer mais ações. Os idosos ficaram super felizes com a ideia, estavam desde cedo escolhendo a roupa que iriam usar e se preparando”, conta a fisioterapeuta.

“Para os idosos é uma oportunidade de resgatar a infância. E para as crianças é importante porque ensina sobre o respeito aos mais velhos”, complementa.