Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Em 2021, mais de 12 mil ocorrências foram atendidas pelo 4º Batalhão dos Bombeiros

Na tarde desta quinta-feira, dia 2, números e dados foram apresentados à imprensa
Por Redação Criciúma, SC, 02/06/2022 - 19:02 Atualizado em 02/06/2022 - 19:03
Foto: Enio Biz/ 4oito
Foto: Enio Biz/ 4oito

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

O 4º Batalhão de Bombeiros Militar de SC, que atende os municípios das regiões Carbonífera (Amrec) e Extremo Sul (Amesc), exceto Lauro Müller e e Orleans, apresentou dados e os principais serviços ofertados à população durante um Café com a Imprensa na tarde desta quinta-feira, dia 2. O encontro ocorreu na sede do órgão, no Centro de Criciúma.

LEIA MAIS:

Em 30 dias, empresa que construirá novo quartel dos bombeiros será conhecida

Foram mais de 12 mil atendimentos durante o ano de 2021, divididos em ocorrências que envolvem atendimentos pré-hospitalares (8.970); incêndios (1.225); salvamentos (500) e outras (778). Atuam, na área do 4º BBM, 202 bombeiros militares, 358 profissionais comunitários ativos, nove unidades operacionais e três SSCIs isoladas. 

No ano passado, 38.463 vistorias de funcionamento foram realizadas, além de 4.976 análises de projeto e 2.937 vistorias de habite-se. Quanto às atividades técnicas de Poder de Polícia, foram: uma advertência; seis embargos; nove interdições; 109 multas e 2.432 notificações

"Hoje, com esses números, a gente consegue atender a demanda, mesmo porque, temos duas viaturas do SAMU, que são do atendimento básico e mais uma que tem um médico junto. Temos quatro ambulâncias para atender a população de Criciúma. É o suficiente para atender a demanda, com o apoio dos bombeiros comunitários", comenta o comandante do 4º BBM, major Henrique Piovesam

Posto Avançado no Distrito de Rio Maina

Segundo o comandante, existe a possibilidade de criar um Posto Avançado no Distrito do Rio Maina. "Neste momento, a gente não tem o quartel. Mas, conseguindo construir, temos um estudo pela frente para tentar fazer. Provavelmente, nesse local, o pessoal não vai ficar 24h lá", enfatiza. 

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito