Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Eleições 2018: corrupção e política “mais ou menos honesta”

Por Redação Criciúma - SC, 09/02/2018 - 11:20Atualizado em 09/02/2018 - 11:21

“As Eleições 2018 são um divisor de águas entre corrupção e política mais ou menos honesta”, foi assim que Archimedes Naspolini Filho abriu o Bom Dia na manhã desta sexta-feira (9). O comentarista e cronista lembrou um pouco da história e falou sobre a corrupção que atinge a política brasileira.

“A desonestidade virou rotina. Ser desonesto, mas bem desonesto, parece que virou indicativo aprovador de currículos a disputa de cargos públicos [...] Até que chegou uma tal de Lava-Jato e a partir daí o véu começou a ser rasgado, os rostos desvendados, os crimes revelados. E a população acordou e foi se arrepiando em conhecer o nome dos ladrões de colarinho, o tamanho do roubo e a falta de vergonha”, disse Archimedes.