Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Eleição na Larm tem data definida

Nova diretoria será conhecida no dia 12 de fevereiro; inscrições de chapas já estão abertas
Por Lucas Renan Domingos Criciúma, SC, 23/01/2019 - 11:13
Foto: Daniel Búrigo / Arquivo / A Tribuna
Foto: Daniel Búrigo / Arquivo / A Tribuna

O mandato de Emerson Lodetti como presidente da Liga Atlética da Região Mineira (Larm) se encerra no dia 1º de março. Com o prazo na reta final, a Larm divulgou hoje o edital de convocação das associações filiadas para a realização da Assembléia Geral Ordinária da entidade que irá escolher o novo presidente da liga e os demais membros da diretoria.

A votação acontecerá somente no dia 12 de fevereiro. A chapa escolhida na assembleia terá o mandato válido até pelos próximos quatro anos, até o dia 1º de março de 2023. Lodetti assumiu a presidência da Larm em 14 de março de 2014 e agora deixa o cargo. No fim do ano passado, ele ainda não havia definido se concorreria a eleição, mas agora garante que seu nome não estará entre os concorrentes. “Não irei participar”, afirma o ainda presidente.

Também no fim do ano passado, Lodetti sinalizou apoio para a candidatura de Edson Locks, hoje tesoureiro da Larm. Ele deve encabeçar uma, se não a única, chapa que irá concorrer a eleição da instituição. Depois que finalizar o seu mandato, o atual presidente se dedicará a outro cargo ligado ao futebol. Ele foi escolhido pelo presidente da Federação Catarinense de Futebol (FCF), Rubens Angelotti, para ser um dos vice-presidente da gestão da FCF eleita e que assume o novo mandato a partir de 12 de abril.

Incrições de chapas

Os grupos interessados em concorrer a eleição da Larm, já podem se inscrever. A homologação das chapas acontecem até o dia 7 de fevereiro. “Para isso é preciso preencher alguns pré-requisitos, como conseguir a assinatura de pelo menos três dos nove times melhores classificados na última edição do Campeonato Regional da Larm. Todas as dúvidas podem ser sanadas diretamente com a diretoria da Larm”, disse Lodetti.

Tags: larm eleições