Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
Eleições 2022

"É inédito no Brasil essa vontade dos jovens votarem", afirma juíza eleitoral

Em 4 de maio termina o prazo para fazer o título, pedir a transferência do local de votação ou resolver pendências
Por Enio Biz Criciúma, SC, 25/04/2022 - 11:06 Atualizado em 25/04/2022 - 15:44
Foto: Enio Biz / 4oito
Foto: Enio Biz / 4oito

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Faltam 09 dias! No dia 4 de maio termina o prazo para os cidadãos e eleitores fazerem a primeira via do título de eleitor, pedir a transferência do local de votação ou resolver pendências junto à Justiça Eleitoral, em tempo para votar nas Eleições de 2022. Tudo pode ser feito de forma simples e rápida pela internet, na página de atendimento online do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (www.tre-sc.jus.br).

A juíza da 10ª zona eleitoral de Criciúma, Dra. Eliza Maria Strapazzon, informa que a partir de agora haverá uma sobrecarga no serviço devido a procura no cartório eleitoral. Atendimentos extraordinários serão realizados nos próximos dias 30 de abril, e em maio, nos dias 02, 03 e 04.

"Muitas pessoas já estão fazendo, mas sempre no final há uma sobrecarga de serviço. Inclusive, a Central de Atendimento do Cartório Eleitoral de Criciúma, que compreende as três zonas eleitoral, a 10º, a 92ª e a 98ª, estarão atendendo extrarodinariamente nos dias 30 de abril, das 09h às 15h, e nos meses de maio, nos dias 02, 03 e 04, das das 10h às 18h. Quem quiser atendimento presencial, esses são os dias e horários para comparecerem no cartório eleitoral. Deixando bem claro que o atendimento online é a prioridade", informa.

Quem não puder resolver a situação de forma online, poderá marcar o atendimento presencial nos cartórios eleitorais e centrais de atendimento ao eleitor, mediante agendamento obrigatório e antecipado. Mas essa opção só deve ser utilizada em caso de real impossibilidade como não ter acesso à internet, por exemplo.

A juíza eleitoral enfatiza que quem tirou o título de eleitor pela internet, o documento está válido. "Quem tiver dúvidas se o documento está apto ou não, é só entrar no site do Tribunal Regional Eleitoral de SC - tre-sc.jus.br - poderá clicar no atendimento online e tirar todas as dúvidas. Nesse serviço, o eleitor terá acesso as informações sobre multas pendentes, irregularidades e como fazer o primeiro título. Tendo em mãos o título ou CPF, a pessoa pode entrar e esclarecer tudo", explica. 

Para quem faz 16 anos antes da eleição de outubro, há uma campanha nacional para que tire o título de eleitor. É a campanha "Bora Votar". O número de jovens, entre 15 e 18 anos, aptos ao voto aumentou significativamente.

"O TSE já nos passou informações que teve um aumento dos jovens de 300% que votarão nessas eleições. Até 21 de março dava 854.685 jovens, entre 15 e 18 anos, que solicitaram o primeiro título eleitoral. É inédito no Brasil essa vontade dos jovens votarem. A campanha é nacional. E que as pessoas procurem pesquisar quem são os candidatos e votar com a maior consciência possível", pontua Dra. Eliza Maria Strapazzon.

A campanha do Tribunal Superior Eleitoral, aliada as redes sociais, facilitaram a comunicação dos jovens com relação a política. "Os jovens de Criciúma estão aderindo e a procura está bem significativa nos últimos dias. Nós acreditamos que vá intensificar ainda mais até o dia 4 de maio", finaliza a juíza da 10ª zona eleitoral de Criciúma.

Dra. Eliza Strapazzon e a assessora jurídica, Krizia Medeiros (Foto: Enio Biz / 4oito)

Confira o podcast da entrevista da juíza da 10ª Zona Eleitoral de Criciúma, Dra. Eliza Maria Strapazzon:

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito