Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Depoimento de Fontanella é transferido. Prefeito segue afastado

Chefe do Executivo reúne apoiadores para discutir estratégia
Denis Luciano
Por Denis Luciano Lauro Müller, SC, 03/12/2019 - 09:35Atualizado em 03/12/2019 - 09:40

Já são mais de 24 horas de afastamento de Valdir Fontanella (PP). Enquanto o vice Pedro Barp toca a rotina da prefeitura em Lauro Müller, o prefeito busca recursos para retomar o mandato. Fontanella está afastado por decisão da Justiça, a partir das investigações da Operação Seguindo Rastro, do Gaeco e Ministério Público.

A terça-feira começou cedo para Fontanella, que antes das 7h iniciou uma série de reuniões com aliados e advogados. A princípio, ele iria a Florianópolis com seus assessores jurídicos para protocolar recurso no Tribunal de Justiça, mas houve uma mudança nos planos. É que o prefeito afastado deveria depor nesta terça em Florianópolis, ao MP e Gaeco, procedimento que acabou suspenso, e deve ocorrer na próxima sexta-feira, 6.

"O prefeito está tranquilo e confiante. Ele quer responder a investigação e esclarecer tudo no exercício do mandato", afirma o vereador Toninho Bez Batti (PP), líder do governo Fontanella na Câmara.

Não há, até o momento, qualquer manifestação do prefeito afastado prevista.

A investigação apura irregularidades em licitações, corrupção ativa e passiva e peculato. Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão em Lauro Müller, Orleans, Criciúma e São José.