Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

De zero a 25%, a retomada do Aeroporto Regional

Viajam hoje, por Jaguaruna, um quarto dos passageiros que passavam há um ano. Ainda assim, nova rota será oferecida em outubro
Sandy Brasil
Por Sandy Brasil Jaguaruna, SC, 24/09/2020 - 17:32Atualizado em 24/09/2020 - 17:34
Arquivo / 4oito
Arquivo / 4oito

A pandemia afetou todos os setores. Para quem atua com turismo e viagens, foi bastante complicado. Atualmente, o Aeroporto Regional Sul - um termômetro dessa movimentação - se encontra em fase de reaquecimento nas operações. "É com muita alegria que estamos sentindo que o movimento está crescendo, voltando ao ritmo normal. Estamos com toda a estrutura e as medidas preventivas", garantiu o diretor comercial da RDL Aeroportos, André Constanzo, em entrevista ao programa 60 Minutos desta quinta-feira, 24, na Rádio Som Maior.

O cenário mundial é de insegurança dos passageiros, mas isso não tem atrapalhado nessa reação do mercado."Os números são bem abaixo do que tínhamos no ano passado, claro, mas os números hoje estão em uma vertente positiva, do que era o cenário há um mês", revelou. "Saímos do zero, o problema hoje é mundial. O cenário é de 25% em média em relação ao ano passado", sublinhou.

No dia 2 de outubro começa a operar um novo voo que terá escala em Jaguaruna. Será a rota Porto Alegre a Navegantes. Há outras novas rotas nos planos da RDL, que estavam em discussão antes da pandemia de Covid-19, mas a preocupação é com a demanda. "A demanda tem que existir. Esse voo de 2 de outubro talvez nem decole por falta de demanda", relatou. 

Em agosto as empresas Latam e Azul iniciaram a codeshare - acordo para conectar rotas -, como forma de acelerar a retomada de passageiros. "A Latam chegou a marcar viagens e tendo que adiar por falta de demandas. Essa parceria é um esforço, o principal é a demanda", completou Constanzo.