Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

De onde veio a tradição das festas juninas?

Até a Caixa Econômica entrou na história e criou um sorteio especial
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 29/06/2019 - 14:30
(foto: reprodução)
(foto: reprodução)

Tradicionais nas escolas e nos bairros, as festas juninas algumas vezes são comemoradas até no mês seguinte. O movimento que conhecemos hoje em dia no Brasil foi trazido de Portugal, onde comemoravam festas para santos, incluindo São João. Já as roupas no estilo caipira são homenagens para os antigos povos do Nordeste.

Vem desde a época da colonização a tradição de soltar balões neste período do ano, antes utilizavam a pólvora trazida da Ásia. As tradições foram sendo alteradas e comidas como canjica, pamonha e milho cozido se tornaram populares, até pelas festas coincidirem com o período de colheita.

Os portugueses levaram essa tradição para países da África e da Ásia, mantendo ainda semelhanças com o que acontece no Brasil. Desde a Idade Média a fogueira é considerada um dos símbolos da Festa de São João Batista, acesa preferencialmente no dia 25. As festas seguem sendo um importante momento para a economia.

As quadrilhas tiveram origem na França, durante o século XVIII. A tradição foi trazida para o Brasil junto com a classe média portuguesa no século XIX. A prática foi ganhando novos componentes, como pandeiro, violão, triângulo e cavaquinho. A tradição indica ainda que os participantes da quadrilha devem estar vestidos de caipira.

O Dia de João é comemorado em 24 de junho, e nos últimos anos a Caixa tem realizado um sorteio especial da Quina, que em 2019 pagou mais de R$ 140 milhões, divididos entre 1.577 bilhetes que acertaram quatro números.