Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Coronel Cabral diz que ninguém é o Super Homem para reagir a assaltos

Crimes deste tipo subiram de 150 anuais para mais de 500 nos últimos sete anos
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 07/08/2018 - 14:26Atualizado em 07/08/2018 - 14:26

Em seu comentário desta terça-feira (7), no quadro Cidadania e Segurança, o Coronel Cabral falou sobre assaltos. Segundo ele, as pessoas vão diminuindo a atenção conforme o tempo passa. Cabral disse que os crimes desse tipo passaram de 150 anuais no período entre 2000 e 2009 para mais de 500 nos últimos sete anos.

“Adquira uma postura segura dentro das várias regras de prevenção. Caso você tenha falhado em uma dessas regras e tenha sido tomado em assalto, não queira bancar o Super Homem agora, lembre-se que você não tem peito de aço e cabeça de ferro. Evite toda e qualquer situação que possa lhe deixar em risco”, orientou.