Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Comércio mantém a base da economia

Araranguá conta com lojas de pequenos empreendedores e também grandes redes
Por Bruna Borges Araranguá, SC, 02/04/2019 - 10:01Atualizado em 02/04/2019 - 10:16
Fotos: Daniel Búrigo / A Tribuna
Fotos: Daniel Búrigo / A Tribuna

Ao completar 139 anos de emancipação político-administrativa, a Cidade das Avenidas traz junto à sua história a tradição de um comércio que se estabeleceu desde os primeiros colonizadores e se mantém forte até os dias atuais. São as operações de varejo que formam hoje a base da economia em Araranguá. 

De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Luiz Gonzaga Pereira, a cidade se destaca por estar completa em opções aos clientes. “O nosso comércio é bastante diversificado e muito forte para uma cidade de médio porte como a nossa. Nós temos aqui todas as possibilidades, sem deixar a desejar para qualquer grande centro”, comenta. 

“Não há necessidade de as pessoas da cidade e região saírem a outros grandes centros para uma oportunidade de compra, porque aqui a gente tem essa oferta de uma forma muito clara”, enfatiza.

É essa diversificação que, segundo Pereira, faz Araranguá se tornar cada vez mais atrativa para os consumidores. “Nós temos grandes empresas e estamos muito bem representados em todas as atividades, desde alimentação, até oferta de representação de automóveis, vestuário, calçados, combustível, medicamentos, inclusive com lojas de rede muito fortes. Então, o mesmo produto oferecido lá em Porto Alegre, Florianópolis, nós temos disponível aqui com o mesmo preço e a mesma qualidade”, pontua. 

Shopping e calçadão

Os clientes que buscam a Cidade das Avenidas com o objetivo de compras encontram tanto a opção de shopping, que é o Center Shopping Araranguá, quanto a de comércio de rua, que se desenvolve no no Centro, mas também nos bairros.

“Temos o shopping, que na realidade nasceu de uma organização de confecções que nós tínhamos antes, era uma representação das fábricas, mas se reorganizou, complementou com outras lojas e nós temos hoje um belíssimo shopping”, conta Pereira.

“E nós temos um ponto de referência que é o calçadão, que nós consideramos um grande shopping a céu aberto. Inclusive, tem algumas propostas de reforma do calçadão, com possibilidade de fazer uma cobertura, para que se coloque qualidade nesses pontos comerciais, mas sem esquecer que a gente tem outras ruas comerciais tanto no Centro quanto nos bairros, oportunizada pela expansão da cidade”, observa o presidente da CDL. 

Ações atrativas

Para manter a potência do comércio, a CDL oferece capacitação aos seus associados, faz promoções coletivas e também aposta em ações para atrair mais consumidores para as lojas do município. 

“A gente dispõe de um horário estendido, que nós chamamos de Dia Mais, que é todo segundo sábado do mês, justamente para aquelas pessoas que têm durante a semana o horário de trabalho coincidente com o horário do comércio”, explica Pereira. “E temos, ainda, o segundo sábado estendido, que é para datas especiais, como teremos agora na Páscoa”, complementa.