Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Cervejaria Blend Bryggeri interditada por 10 dias

No local, Vigilância Sanitária encontrou clientes desrespeitando as normas de controle da pandemia
Beatriz Coan
Por Beatriz Coan Criciúma - SC, 30/08/2020 - 19:21Atualizado em 30/08/2020 - 19:22
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Na noite de sábado, 29, a cervejaria e restaurante, Blend Bryggeri, foi interditada pela Vigilância Sanitária. Foi a segunda vez que o local foi autuado. Devido a reincidência, o espaço deve permanecer fechado por 10 dias.

Através das redes sociais, o proprietário da Blend, Rubão Angelotti, esclareceu a situação e afirmou que as melhorias solicitadas na primeira visita da vigilância foram feitas. Ao chegar no local, os oficiais encontraram 06 clientes entorno de uma mesma mesa, segundo Angelotti foi o motivo para a interdição.

Queremos apenas registrar que concordamos e acatamos com todas as regras do Decreto Municipal, e que fazemos e fizemos nossa parte. Mas, não achamos justo ser penalizados por ações individuais. As regras são claras para todos e todos sabem do risco que correm. Mas não é papel do empresário punir quem não respeita, esse papel é do Estado. Nosso papel é de seguir as regras, oferecer o espaço adaptado e correto. Controlar a entrada e sinalizar o local. Mas cabe a cada um respeitar.

Acredito que o Estado deve sim punir o empresário que não cumpre as regras, mas pra quem está as respeitando, as “batidas” podiam ser muito mais de orientação ao cliente, do que de penalização do Local.

O espaço deve reabrir no dia 9 de setembro. As medidas que foram tomadas para a prevenção de contágio do coronavírus seguem os mesmos.

- Controle de temperatura na entrada
- Controle de Fluxo
- Sinalização dos ambientes e mesas.
- Álcool Gel em vários pontos
- Mesas para 4 pessoas
- Máximo de 80 pessoas na Cervejaria.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Devido a uma interdição da Vigilância Sanitária de Criciúma, Estaremos fechados até o dia 08/09. Queremos apenas registrar que concordamos e acatamos com todas as regras do Decreto Municipal, e que fazemos e fizemos nossa parte. Mas, não achamos justo ser penalizados por ações individuais. As regras são claras pra todos e todos sabem do risco que correm. Mas não é papel do empresário punir quem não respeita, esse papel é do Estado. Nosso papel é de seguir as regras, oferecer o espaço adaptado e correto. Controlar a entrada e sinalizar o local. Mas cabe a cada um respeitar. Acredito que o Estado deve sim punir o empresário que não cumpre as regras, mas pra quem está as respeitando, as “batidas” podiam ser muito mais de orientação ao cliente, do que de penalização do Local. . 10 dias sem faturamento, em meio a toda a crise que estamos vivendo, não me soa muito inteligente. gostaria muito que o Estado, pudesse rever algumas questões, porque sabemos que tão breve não retornaremos ao “normal”. Precisamos da colaboração e cooperação de todos, comunidade e Estado. . Dia 09/09 voltamos com tudo. . Com 4 pessoas por mesa !!! Obrigado

Tags: coronavírus