Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Brasil Pedreiras versus Construtora Massiroli

Equipes se enfrentam neste domingo em busca do título do Praião
Por Lucas Renan Domingos Criciúma, SC, 23/02/2019 - 15:05
Foto: Franciele Fernandes/Prefeitura de Balneário Rincão
Foto: Franciele Fernandes/Prefeitura de Balneário Rincão

Neste domingo, às 10h30min, a bola vai rolar pela última pelo Campeonato de Futebol de Areia de Balneário Rincão, o Praião. A grande final da competição será entre o Brasil Pedreiras e Construtora Massiroli/Treviso. Na decisão, não há a vantagem de empate. Se o placar ficar igual para ambos os lados, a taça será disputada no pênalti.

O Brasil Pedreiras busca conquistar o tricampeonato da Primeira Divisão do Praião. A equipe, uma das mais tradicionais da competição, com 20 anos de história, já levantou a taça em 1995, e 2016, quando disputou a final justamente contra o mesmo adversário deste domingo. O time também levou o título da Série B no ano de 2010.

“Estamos confiantes. Viemos fazendo uma grande campanha. Chegamos na final com a equipe principal e com o time Sub-19. Para esse jogo temos apenas um desfalque que é o zagueiro Henrique, suspenso pelo terceiro amarelo. Mas o resto do grupo está inteiro, ninguém machuvado. O importante é fazer nosso melhor jogo no campeonato, porque é uma final e só assim iremos sair com a vitória”, afirmou Anderson Fernandes, técnico do Brasil Pedreiras.

Apesar do Massiroli nunca ter disso campeão da Primeira Divisão do Praião, Fernandes aponta que o jogo da decisão não será fácil. “Conhecemos a equipe deles. Tem qualidade. Em 2016 acabamos levando o título em cima deles, esperamos repetir neste ano. Basta a equipe ter vontade de jogar, não tem outro jeito diferente de entrar em campo”, analisou.

Jogar de igual para igual

Apesar de toda a história do Brasil Pedreiras na competição, o Construtora Massiroli promete não se intimidar. A equipe quer conquistar pela primeira a taça da Série A do Praião. O técnico Gelson Firmino promete dedicação da sua equipe para que o título venha. “Estamos concentrados. É a nossa segunda final nos últimos três anos. Acho que o diferencial do nosso grupo é a união. Nós perdemos apenas o jogo da estreia, depois ficamos invictos. Isso nos deixa muito confiante para fazer um bom jogo”, disse Firmino.

O treinador sabe da responsabilidade que a sua equipe tem para conseguir superar o Brasil Pedreiras. “Eles têm bom entrosamento. Isso faz toda a diferença no jogo. Tanto é que a partida que perdemos, foi porque faltava esse entendimento entre os nossos jogadores, agora estamos organizados. Eles tem jogadores de qualidade, mas nossa equipe também tem. Inclusive nosso lateral está na disputa pela artilharia. Vamos jogar de igual para igual. Final não tem favorito”, destacou.