Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Bazar da Nossa Casa no Centro Cultural Jorge Zanatta

Parte do valor arrecadado com a venda dos itens será destinada à associação
Por Redação Criciúma, SC, 13/06/2019 - 15:52Atualizado em 13/06/2019 - 15:54
Divulgação
Divulgação

O Centro Cultural Jorge Zanatta recebe a partir desta quinta-feira, 13, até sábado, 15, o bazar da Associação Beneficente Nossa Casa. O apoio é da loja Inkieta que disponibilizou para venda roupas novas de coleções antigas. São 2 mil peças que custam a partir de R$ 10. Parte do valor arrecadado será repassada à Nossa Casa.

Para a coordenadora da instituição, Santina Muniz, a parceria é vai resultar em muitos benefícios, um deles, o recurso que ajuda nas despesas da instituição. "Nós temos contas fixas todo mês. Energia elétrica, água, gás, medicamentos, combustível e folhas de pagamento. Todo o valor que é arrecadado dessas ações como o bazar, vem para suprir essas necessidades e é muitíssimo bem-vindo", conta Santina.

Um dos proprietários da loja Inkieta, Rodolfo Savaris Amboni, espera que a atitude possa inspirar outros negócios a praticar também a solidariedade. "Eles precisam de alimentação, de auxílio médico, precisam de psicólogas, e vi que lá eles precisam também de apoio financeiro. Quero que isso sirva de exemplo e incentivo para outras lojas e empresas. Quero tocar o coração dos empresários para fazerem ações parecidas", diz o proprietário.

"Eu penso que o apoio que a fundação está dando à Nossa Casa é de fundamental importância, porque a instituição exerce um papel incrível em Criciúma e na região também. É uma obrigação nossa apoiar esse tipo de iniciativa", declara o diretor cultural da Fundação Cultural de Criciúma (FCC), Evandro Prêmoli.

De acordo com o diretor, a ocasião também é propícia para uma visita aos outros ambientes do Centro Cultural Jorge Zanatta. "Aqui se encontra a galeria Willy Zumblick com a exposição 'Pintura e Pesquisa II', dos alunos do curso de Artes Visuais da Unesc, e o Galpão Cultural com 'Além do Papel', do artista Eloi Ramirez", lembra Evandro.