Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Avaí pode receber W.O. caso não entre em campo

Clube terá que jogar fora da capital caso prefeito não libere o retorno dos jogos. Campeonato está previsto para reiniciar em 8 de julho
Por Guilherme Nuernberg Florianópolis - SC, 25/06/2020 - 10:39Atualizado em 25/06/2020 - 10:41
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

O prazo para o retorno do Campeonato Catarinense continua para 8 de julho, garantiu o presidente da Federação Catarinense de Futebol, Rubens Angelotti, em entrevista ao Programa Adelor Lessa, na Rádio Som Maior, nesta quinta-feira, 25. Nesta semana, foi realizado uma reuniu com o presidente dos dez times que participam do campeonato, para definir diretrizes e normas para o retorno. 

A principal dor de cabeça no momento é a situação em Florianópolis. Com o retorno das restrições na capital, segue sem data para a bola poder rolar no estádio do Avaí. Segundo Angelotti, o resultado de uma reunião com o secretário de Saúde da capital foi animador. "Tem que esperar que a situação se estabilize em Florianópolis, que não aumente a curva. No momento, a ideia é que em dez dias vamos ter o reflexo desses dias que o povo abusou, lotando praias e shoppings. Tem que ter essa análise e se voltar a liberar, libera também o futebol", explicou. 

Na primeira rodada após a paralisação, o Avaí joga fora de casa, o que não causa nenhum empecilho até o momento. A FCF já estuda alternativas para caso o clube não consiga jogar no seu estádio. "O Avaí está um pouco reticente, dizendo que só joga em casa. Mas, a partir do momento que estiver marcado, ele tem que definir o local, se não definir a federação indica e se não cumprir resulta em W.O.", adiantou.

O clube mandante tem dez dias antes da data do jogo para definir o local. Se não definir em até 72 horas da partida, quem define é a federação. A FCF luta para encerrar o campeonato no campo para definir a distribuição de vagas para Copa do Brasil e para a Serie D.

Tags: coronavírus