Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Após polêmica por ter furado a quarentena, Pugliesi volta ao Instagram

Influenciadora digital perdeu milhões em patrocínios após ter ido em uma festa em plena pandemia
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Criciúma - SC , 25/07/2020 - 12:02Atualizado em 25/07/2020 - 12:30
Foto: divulgação
Foto: divulgação

Ainda nas primeiras semanas de pandemia no Brasil, há mais de três meses, a influenciadora digital Gabriela Pugliesi acabou sofrendo duras críticas por ter furado a quarentena para ir em uma festa - publicando vídeos sobre em suas redes sociais. A ação contraditória às recomendações dos órgãos de saúde e a postura da influenciadora fez com que ela perdesse milhões de seguidores e milhões de reais em parcerias com marcas. No início desta semana, Pugliesi voltou ao Instagram com um “show de semiótica”.

“Ela voltou com um vídeo de 14 minutos no IGTV, com cabelo dividido no meio, maquiagem leve, camiseta branca escrita amor livre - toda uma aula que provavelmente ela teve para poder se expressar e falar que estava voltando, dizendo que aprendeu muito”, comentou a publicitária Alessandra Koga.

Após ter perdido milhões de seguidores, Pugliesi desativou o seu Instagram justamente para não perder mais. Em sua volta às redes sociais, ela se produz para parecer uma boa moça e deixar para trás o perfil criticado há alguns meses atrás.

“Com certeza que foi tudo pensado. A gente que estuda gestão de crise consegue ver claramente que ela usou esse tempo para ver como voltaria. Eu vi dois posicionamentos sobre, alguns dizendo para aproveitar que ela voltou e cancelar de vez, parar de seguir, e outro alegando que, atualmente, muitos ainda fazem o que ela fez no início e, nem por isso, são cancelados”, disse Koga.

A volta da influenciadora, segundo Koga, foi pensada justamente para tentar amenizar o caos causado sobre sua imagem ainda no início da pandemia - por isso, o “show de semiótica” apresentado em suas roupas e comportamento no vídeo. Mesmo assim, agora com muitos estados e municípios flexibilizando a quarentena, Koga destaca o argumento de alguns, os quais afirmam que ela só fez o que as pessoas continuam fazendo hoje em dia.

“Agora com a liberação que estamos vendo em São Paulo, vemos que ela foi influenciadora mesmo. Furou a quarentena antes de todo mundo. Mas ela foi incoerente com a postura que tinha, na questão de saúde, e ofendeu muitas pessoas e famílias”, disse Koga.