Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

"Anjo de farda" salva mulher em Lauro Müller

Policial Militar conseguiu evitar que a vítima se jogasse de um ponte com 20 metros de altura
Gregório Silveira
Por Gregório Silveira Lauro Müller, SC, 16/09/2020 - 14:20Atualizado em 16/09/2020 - 14:25
Foto: Arquivo / Pessoal
Foto: Arquivo / Pessoal

Um "anjo de farda". Essa pode ser a descrição do soldado Eduardo, de 29 anos, que salvou uma mulher que ameaçava atentar contra a própria vida em Lauro Müller. O caso, ocorrido na madrugada desta terça-feira, 15, ganhou grande repercussão nas redes sociais, gerando bastante comoção. 

Quando chegaram ao local, o PM, acompanhado do também soldado Manoel, perceberam que a mulher estava pendurada em uma ponte, de altura de aproximadamente 20 metros. Ela ameaçava se jogar. Daí começou a luta para demove-la da ideia.

Eduardo e Manoel começaram a conversar com ela. Aos poucos, foram ganhando confiança. Em um momento de distração dela, Eduardo se lançou e a agarrou firme, puxando-a para um lugar seguro. A fração de segundo bem aproveitada, a conversa certa e a atitude do policial foram decisivas para o desfecho positivo.

Muito emocionado, Eduardo contou a história ao 4oito. "É muito emocionante. A gente sempre tenta dar o melhor. Felizmente conseguimos salvar a vida da mulher", afirmou. Atrás de uma farda, existe sempre um ser humano. Ao trazer a mulher para um lugar seguro, uma cena chamou atenção. Ele pediu para que ela o abraçasse e disse que tudo ficaria bem. "O abraço final serviu como um alívio para mim. Me senti muito bem. Sei que se algo desse errado eu jamais iria conseguir me perdoar", desabafou o PM.

A dupla de policiais acompanhou a mulher até o Hospital Henrique Lage. Antes dela dormir, pois também havia ingerido muitos medicamentos, olhou para Eduardo e disse: "muito obrigado por me salvar". Após a breve frase, carregada de emoção, ela começou a chorar e adormeceu. "Isso vai marcar minha carreira para o resto da vida. Amanhã (quinta-feira, 17) volto ao trabalho e vou visitar a mulher. Depois de momentos de angústia o final acabou sendo feliz", encerrou Eduardo.

Prevenção

Estamos no Setembro Amarelo, o mês dedicado ao reforço nos alertas de proteção da vida. Os serviços disponíveis para orientação e apoio são o Centro de Valorização da Vida (CVV), Nuprevips, Serviço de Psicologia Aplicada Esucri (SPAE), Centro de Atenção Psico-Social (CAPS), Associação Criciumense de Apoio à Saúde Mental (CERES), Centro de Referência de Saúde do Trabalhador (CEREST) e Alcoolicos Anônimos (AA), entre outros.

O CVV atende 24 horas nos telefones (48) 3439-0222 e 188.