Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Ada: "Estamos navegando em mar revolto, num navio sem comandante"

Em reunião com prefeitos da Amurel e deputados do Sul, deputada aponta falhas do Executivo e cobra providências  
Redação
Por Redação Criciúma, SC, 13/07/2020 - 21:28
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A preocupação com o avanço do coronavírus e a indignação com a falta de apoio por parte do governo catarinense pautou a reunião dos prefeitos da Amurel (Associação dos Municípios da Região Lagunar), nesta segunda-feira (13). A deputada estadual Ada Faraco de Luca (MDB) participou do encontro, realizado em ambiente virtual. Representantes das bancadas estadual e federal do Sul, gestores de hospitais e imprensa também acompanharam a reunião.
Ada reconheceu o esforço dos prefeitos e questionou as falhas do governo. "Sinto que nós estamos navegando em um mar revolto, em um navio sem comandante", disse. A deputada afirmou que não é contra o governador. "Eu não sou é cega. O que nós queremos é resultado", completou. "Essa inércia está irritando a todos. Parece que é brincadeira. Já era para estar tudo pronto há dois meses e meio atrás. Todo mundo sabia que a situação iria piorar no inverno", lamentou.
Na tribuna virtual da reunião, Ada listou as ações legislativas que apresentou em reação ao coronavírus. A mais recente delas foi em relação ao número e à localização dos leitos hospitalares disponíveis pelo governo do Estado, por meio do Ministério da Saúde. "Nós estamos cobrando, sugerindo e procurando construir uma alternativa. Ninguém está parado. Mas, nós, parlamentares, os prefeitos, não temos a caneta na mão", afirmou.

Cobrança de leitos
Uma nova reunião virtual, desta vez com o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, foi agendada para quarta-feira (15). Um dos assuntos que será apresentado é que o Sul é a região que tem menos leitos de UTI à disposição no Estado para o tratamento de pacientes com coronavírus.  

Tags: coronavírus