Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

A mudança de Daniel Freitas é assunto na mídia nacional

Jornais brasileiros repercutem a decisão do deputado criciumense sobre a escolha do líder do PSL na Câmara
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Brasília, DF, 21/10/2019 - 13:48Atualizado em 21/10/2019 - 13:50
Divulgação
Divulgação

Após uma solicitação do deputado Major Vitor Hugo, o deputado federal Daniel Freitas (PSL) “mudou de lado” e assinou a lista que indica Eduardo Bolsonaro como líder do partido na Câmara dos Deputados. Há duas semanas, o parlamentar criciumense havia assinado a lista de apoio ao deputado Delegado Waldir para a função mas, ao saber da indicação do filho do presidente Jair Bolsonaro ao cargo, decidiu voltar atrás.

Daniel afirmou nesta segunda-feira, 21, em entrevista à Rádio Som Maior, que pensa em deixar o partido caso o presidente Jair Bolsonaro saia do PSL.  A troca de líderes do partido na Câmara, assim como a virada de Daniel Freitas, são assuntos pautados na mídia nacional. Confira:

O Antagonista

O Antagonista trouxe nesta segunda-feira, 21, o nome de todos os 29 deputados que assinaram a lista à favor de Eduardo Bolsonaro como líder na Câmara. A declaração do Major Vitor Hugo sobre a decisão final de Daniel Freitas também foi notícia no jornal.

“Gostaria de parabenizar o Daniel por essa atitude. Nós nunca tivemos dúvida do alinhamento do Daniel com o Presidente, porém, houve um momento em que aconteceu uma rachadura e diversos deputados não sabiam – pela própria indefinição daquele momento – de que lado deveriam ficar. Por seu perfil, tentou buscar uma conciliação, mas quando ele viu que não havia solução, ele nos procurou e prontamente assinou a lista que, se Deus quiser, vai conduzir o Eduardo para uma liderança de transição. Esperamos que o exemplo do Daniel seja seguido e que outros deputados se juntem a nós”, disse Vitor Hugo, em vídeo analisado pelo O Antagonista.

ISTOÉ

A revista ISTOÉ também foi outro veículo a abordar as viradas do PSL dentro da Câmara dos Deputados. O jornal trouxe uma declaração dada por Daniel ao Broadcast Político, em que o deputado criciumense explica sua situação referente às assinaturas. 

“Estou protocolando um requerimento na Câmara, solicitando a não validade do meu nome na lista para Waldir como líder”, afirma Daniel. 

NSCTotal

Ainda neste domingo, 20, a NSCTotal apresentou uma nota emitida pela assessoria de Freitas explicando que o deputado não sabia da indicação de Eduardo quando assinou a lista de Waldir.

“Na última quarta-feira o deputado assinou a lista que indicava o delegado Waldir para manutenção da liderança do governo. Soube dentro do plenário, que havia outra lista tramitando com o nome de Eduardo Bolsonaro, porém já havia sido protocolada”, diz a assessoria através do documento.