Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Daniel Freitas assina lista em apoio a Eduardo Bolsonaro

Na última semana o deputado federal havia assinado outra lista, em favor do Delegado Waldir
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 21/10/2019 - 09:55Atualizado em 21/10/2019 - 10:25
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O deputado federal Daniel Freitas (PSL) decidiu assinar uma lista para que Eduardo Bolsonaro seja o líder do partido na Câmara dos Deputados. Foi uma solicitação do líder do Governo, Major Vitor Hugo, com a assinatura acontecendo no domingo, 20. Agora o deputado criciumense pensa até em deixar o partido, caso o presidente Bolsonaro saia.

“O PSL foi o partido que nos trouxe até aqui e que conduziu o presidente até o Palácio do Planalto, mas houve uma divisão real do partido. Eu acho que o melhor é nos unirmos, são 53 deputados. E a nossa missão aqui nada mais é do que entregar a governabilidade ao presidente”, afirmou Daniel.

Em vídeo, Major Vitor Hugo enfatizou que nunca houve questionamentos quanto ao alinhamento de Daniel com o Presidente Jair Bolsonaro. “Gostaria de parabenizar o Daniel por essa atitude. Nós nunca tivemos dúvida do alinhamento do Daniel com o Presidente, porém, houve um momento em que aconteceu uma rachadura e diversos deputados não sabiam”, comentou.

E o Major continua. “Por seu perfil, tentou buscar uma conciliação, mas quando ele viu que não havia solução, ele nos procurou e prontamente assinou a lista que, se Deus quiser, vai conduzir o Eduardo para uma liderança de transição. Esperamos que o exemplo do Daniel seja seguido e que outros deputados se juntem a nós”, ressaltou o líder.

A questão das listas

Na última semana Daniel Freitas havia assinado outra lista, essa apoiando o Delegado Waldir. Segundo ele, outras listas foram propostas anteriormente, para que fosse trocada a liderança na Câmara. Diz ainda que quando o nome de Eduardo Bolsonaro foi proposto, fez um nova assinatura.

“Essa questão da lista foi a gota d’água, foi o estopim da granada. Neste momento era preciso dar um passo atrás e assinar pelo Eduardo Bolsonaro. Antes dessa já havia tido outras listas, mas nesta foi a primeira com o nome do Eduardo, então eu coloquei o meu posicionamento e o nome na lista, já que esse é o desejo do presidente Bolsonaro”, frisou.

Daniel agora busca anular a assinatura da última semana. “Eu estou indo agora no protocolo da Câmara dos Deputados, para retirar o meu nome da lista do deputado Waldir, para que o meu nome não apareça. É para a gente colocar um ponto final. O Eduardo vai entrar como um líder de transição, para ficar até o fim do ano, quando faremos uma nova eleição, democrática”, afirmou.

Daniel vai seguir Bolsonaro

Daniel Freitas pensa que a melhor solução é a união do PSL, para que o Governo possa trabalhar melhor. Caso não seja possível e Bolsonaro decida trocar de sigla, o deputado pretende acompanhar o presidente.

“Hoje eu não tenho dúvida nenhuma. Até semana passada eu tinha algumas dúvidas. Ficou muito claro para todos nós que o nosso líder maior é o Jair Bolsonaro. Se ele encontrar um caminho, eu espero que seja feito dentro do PSL, então seria muito importante a pacificação, com o presidente conduzindo o nosso processo”, comentou.

Confira a entrevista na íntegra: