Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

A história do maior software odontológico da América Latina

Ramon Maciel, um dos fundadores da Simples Dental, esteve no Nomes & Marcas deste sábado
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 28/10/2018 - 11:24Atualizado em 28/10/2018 - 15:05

Empreendedor, persistente, visionário e vencedor. São atributos que descrevem bem o jovem Ramon Maciel. Aos 27 anos, ele é um dos fundadores e proprietários do software Simples Dental, a maior do segmento da América Latina. De forma humorada e descontraída, ele contou sua trajetória no Nomes & Marcas deste sábado (27).

Tudo começou quando, aos 21 anos, ele e mais quatro sócios resolveram criar um software para gestão despachantes. Na época, Ramon tinha recém ingressado na faculdade de Odontologia e trabalhava na pequena loja de carros do pai. “Ele vendia uns carros velhos e eu estudava e dava uma força para ele. Sempre gostei de vendas e acho que aprendi a fazer isso lá”, lembrou.

Foi assim que surgiu o Onsyx Despachante. "O ‘On’ vinha de Online, o 'sy' de sistema e o 'x' de multiplicação que eu tirei do livro do Eike Batista. Então, assim como o Eike Batista, o Onsyx Despachante também faliu", brincou. O objetivo dos jovens era ganhar R$ 10 mil ao mês.  "Como na época éramos só quatro sócios, o objetivo era ganhar R$ 2,5 mil cada. Seríamos as pessoas mais ricas da Praia Grande”, contou de maneira humorada.

Os jovens fizeram pesquisas na época, mas quando resolveram vender a ideia, descobriram que já existia um forte concorrente no mercado. Após aproximadamente um ano eles desistiram do software. "Nunca parei de estudar. Estava fazendo a faculdade de Ondonto. Meus sócios eram da área de desenvolvimento ou da área de design. Eles também estudavam. Na época não tínhamos dinheiro, então nos revezávamos para conseguir manter os custos da empresa”, recordou.

Foi na faculdade que Ramon se deparou pela primeira vez com um software odontológico, durante uma aula. “Nem sabia que dentista usava software nesta época”, confessou. O software, usado por um de seus professores lhe pareceu precário, mesmo comparado com o Onsyx Despachante, ideia inicial do grupo. “A gente pensou ‘podemos criar algo melhor e mais simples de ser utilizado’. E foi nesta época que surgiu o Simples Dental”, detalhou

Segundo Ramon, o software utilizado pelo professor não era tão ruim, mas era complicado. “Nem o professor conseguia explicar direito como se utilizava. Eu acho que a partir do momento que você tem uma solução que não consegue explicar para outra pessoa, a solução não é tão boa assim”.

O Simples Dental foi criado com o objetivo de ser o mais descomplicado possível. Os garotos acreditavam que, após ter errado na primeira tentativa, o novo negócio deslancharia. Grande equívoco. "A gente se ferrou mais vários anos ainda".

Mesmo frustrados com alguns obstáculos, eles não desistiram do sonho. Inscreveram o Simples Dental em inúmeros projetos de incentivo à startups. Foi em um destes que conseguiram conquistar R$ 50 mil. "Eu lembro que quando ganhamos este dinheiro, nos tornamos as pessoas mais ricas da Praia Grande", zoou.

Em um dos primeiros projetos de incentivo à startups que participaram, um dos mentores afirmou que, apesar do empreendedorismo dos garotos, o software jamais daria certo. "Isso foi uma facada nas costas", revelou. Mas eles não desistiram. Aliás, persistência é a principal característica do grupo.

Após muitas tentativas, conheceram Rafael Assunção, que mudou a história do Simples Dental. Ele orientou que os empreendedores procurassem grandes marcas do mercado odontológico que os ajudassem na divulgação do negócio. "Eu pensei 'como vamos falar com esses caras? A gente fala cardaço e pobrema. A gente é da Praia Grande, uma cidade de 7 mil habitantes'. Era impossível. Algo que estava muito além", brincou.

E foi assim que começou a dar certo. O negócio virou tema de artigo escrito pelo mentor que os ajudou. "Mesmo não sendo conhecidos, mesmo não tendo um grande negócio, os caras aceitaram conversar com a gente, porque acharam interessante a ideia que a gente propôs", relatou.

Há mais ou menos três anos a gigante Dental Cremer resolveu investir na Simples Dental e foi assim que a ideia ganhou força e conquistou o mercado. Hoje, a software é o maior da América Latina, com mais de oito mil clínicas.

Como funciona?

Segundo Ramon, o Simples Dental é um software que controla toda a gestão de um consultório odontológico. "Faz o controle de agenda, financeiro, emite boletos, faz a parte de indicadores. Enfim, tudo que um dentista precisa para ter uma boa gestão", explicou.