Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

A fama de Bettina e a farsa comercial de sua campanha

Para Ale Koga, a propaganda é literal, algo bastante utilizado nos Estados Unidos
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 21/03/2019 - 10:14Atualizado em 21/03/2019 - 11:19

Viralizou na última semana as falas de Bettina Rudolph, afirmando que possui mais de R$ 1 milhão aos 22 anos, tendo investimento somente R$ 1.520. O vídeo é publicidade da empresa Empiricus, que procura vender cursos e dicas para multiplicar o dinheiro, como uma empresa de consultoria. Em entrevista ao Programa Adelor Lessa, a publicitária Ale Koga comentou o caso.

“Eles usam a publicidade literal, eles usam muitas chamadas de ação, muito comum nos Estados Unidos. No caso dela, ela fez isso, tanto que tinha apenas 30 segundos”, analisou. “A gente tem que levar em consideração que formas mágicas de ganhar dinheiro com promessas milagrosas existiram desde sempre”, citou Koga.

De acordo com ela, o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) atende pessoas que ficam ofendidas com propagandas. Mas, neste caso a situação é analisada pelo Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), já que para Koga, se trata de uma propaganda enganosa, como a própria Bettina contou em entrevistas.

“É um vídeo chamada, onde te convidam para assistir outros três vídeos, e no quarto tentam te vender um produto. A ideia deles é reinvestir na campanha tudo o que eles ganham. A Empiricus não é uma instituição financeira, eles fazem isso no YouTube, porque é onde as pessoas tendem a procurar pessoas com referências”, afirmou.

Na sequência a empresa lançou outro vídeo. “Nesse segundo vídeo ela foi totalmente marqueteira, porque sabia que iria gerar polêmica. Sabiam que ela ia ser atacada, por falar do cabelo dela. Depois de toda essa comoção que todo mundo sabe quem é a Bettina, será que as pessoas vão saber quem é a Empiricus?”, questionou a publicitária.

Confira a entrevista na íntegra:

Tags: bettina Ale Koga