Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

A experiência deve falar mais alto

Jogador mais uma vez participou do treino entre os titulares, jogando improvisado como volante
Por Lucas Renan Domingos Criciúma, SC, 15/09/2018 - 08:55
Mazola lembrou que Fábio Ferreira jogava como volante no inicio da carreira / Foto: Daniel Búrigo / Arquivo / A Tribuna
Mazola lembrou que Fábio Ferreira jogava como volante no inicio da carreira / Foto: Daniel Búrigo / Arquivo / A Tribuna

Mazola Júnior nunca escondeu a intenção de contar com os jogadores mais experientes do elenco para o restante do campeonato. Desde o início da semana de treinamentos, ele sabia que um dos seus problemas para montar o time que irá pegar o Avaí seria o meio-campo. Jean Mangabeira foi expulso diante do Fortaleza. Ronaldo e Eduardo, diagnosticados com lesões na coxa. A vaga ao lado de Liel, que se recuperou de uma dor no glúteo, ficou aberta. E o treinador parece mesmo querer cumprir com a sua intenção de usar os com maior idade do time.

Olhando as opções que Mazola teria para definir a escalação, uma das possiblidades, sem ter que improvisar, seria colocar em campo o volante Ralph, de 20 anos, para formar a dupla com Liel. Mas o zagueiro Fábio Ferreira, de 33 anos, improvisado, deve ser mesmo o escolhido para ser o titular.

“Com o Fábio a gente ganha experiência, estatura, bola aérea fica muito forte e técnica. A única coisa que a gente poderia fazer ali era colocar o Ralph. Menos altura, menos experiência, menos técnica e é um jogo que não vamos só ter que marcar, vamos ter que jogar. Precisamos ganhar esse jogo”, afirmou o técnico do Tigre.

Segredos de Geninho, indefinição de Mazola

Mesmo Mazola montando a equipe titular com o Fábio Ferreira no treino da última quinta-feira à tarde e na manhã de ontem, ele garante que a equipe ainda não está definida. Um dos motivos é o mistério que vem fazendo Geninho, o técnico do Avaí. Os trabalhos de preparação da equipe da capital para o clássico contra o Criciúma foram de portões fechados.

“Vocês tem que ficar menos brabo comigo porque eu não fechei o treino”, disse o Mazola ao brincar com a imprensa. “Vamos estudar um pouco mais. Temos 24 horas para definir. Estamos criando soluções e criando alternativas. O Fábio Ferreira foi volante no início da carreira, conversamos com ele sobre a forma física também, já que ele está voltando de lesão. Temos as 24 horas para pensar sobre essa situação” completou o comandante tricolor na coletiva de ontem.