Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Domingo tem corrida!

Santiago Mendonça
Por Santiago Mendonça 25/10/2017 - 08:30

Sempre que estamos na semana de uma competição, nos vêm à cabeça inúmeros pensamentos.

O primeiro deles é se estamos realmente treinados para aquele objetivo. Será que fiz o que devia, será que fiz o suficiente?

Para quem tem um treinador, essa dúvida é diminuída, pois o profissional fez o seu planejamento a longo prazo, sabe das suas capacidades e limitações e organizou seu treino para que você chegasse no dia da prova bem treinado e 100% preparado para tal.

Agora, se você não tem acompanhamento... Aí se torna bem mais difícil responder essa pergunta...

Em meus 23 anos de atleta e quase 17 de treinador, o que mais observo nesse momento é a ansiedade do aluno/atleta.  As vésperas do “desafio” é normal sentir o nervosismo, mesmo quando estamos certos de que tudo está perfeito.

Considero sempre importante ressaltar que não há nada que se faça na semana da prova, que ajude a melhorar o seu desempenho, mas você pode destruir tudo o que conquistou com qualquer besteira fora do previsto, tal como experimentar algum equipamento novo ou um super treino de corrida/musculação/funcional/intervalado/etc. que você ouviu falar de alguém.

O condicionamento é atingido anteriormente. Agora é hora de usar a cabeça mais que o corpo. Ajustar os ritmos propostos, cuidar hidratação e alimentação e principalmente ouvir o seu treinador, que pelo olhar de fora, sabe o que fazer nesse momento.

Também não podemos simplesmente não treinar, achando que não há nada o que se fazer durante essa semana. Devemos sim diminuir as cargas, para que seu corpo e musculatura se recuperem, com estímulos específicos que chamamos de polimento. (Dependendo da distância da prova, se utiliza poucos dias ou até um mês, no caso de um ironman, por exemplo.)

O resto é diversão. Falo isso para todos os meus alunos. Não temos que encher nossas cabeças com pressão interna por resultado. Isso só atrapalha. 

Porém não confunda com falta de comprometimento! Devemos levar a sério qualquer objetivo seja ele curto ou longo, para fazê-lo bem. Independente se o bem é completar a prova ou baixar alguma marca pessoal. 

Boa corrida a todos!

4oito

Deixe seu comentário