Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Demorou

Mário Lima
Por Mário Lima 04/03/2021 - 07:43Atualizado em 04/03/2021 - 07:45

João Rodrigues, prefeito de Chapecó, homem calejado por muitas transmissões esportivas e traumatizado pela tragédia do clube da sua cidade, tomou a iniciativa de interferir na viagem da Chapecoense a Criciúma apresentando argumentos convincentes a ponto de ser seguido pelo Prefeito Clésio Salvaro proibindo a realização do encontro entre os dois clubes. Outros como Ponticelli seguiram na mesma trilha assim como Loureiro da capital. A Federação Catarinense ao início da noite foi mais além. Em nota informou que o campeonato está paralisado nos próximos quinze dias a partir de hoje.
Atitude tardia, mas menos mal que tenha sido tomada. Não há clima para se disputar um campeonato, seja ele de futebol ou qualquer outro esporte conforme escrevi nessa quarta-feira, 03. O que fica é a falta de atitude mais firme, mais corajosa e responsável de instâncias superiores como os governadores dos Estados e o presidente da república. Em especial da CBF.
Vai resolver? Claro que isoladamente não. Mas certamente protegerá os diretamente envolvidos no processo e poderá servir de exemplo de respeito em memória dos que perdemos durante a pandemia E também vai servir de exemplo para reforçar que o distanciamento é necessário, e que formadores de opinião e conceitos tem que ser os primeiros a dar exemplos.

4oito

Deixe seu comentário