Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Disciplina Positiva: afinal, o que é?

Do que se trata realmente este termo cada vez mais falado quando o assunto é a parentalidade?
Ananda Figueiredo
Por Ananda Figueiredo 14/09/2019 - 11:15

Se você tem filh@s, com certeza já se perguntou:
.
Será que estou agindo bem com relação à educação d@ meu pequen@?
Será que estou sendo permissiv@ demais?
Será que estou sendo dur@ demais?
.
Estas mesmas dúvidas preocupavam a Dra. Jane Nelsen lá na década de 70, até que se deparou com os trabalhos em psicologia humanista de  Alfred Adler e Rudolf Dreikus.
Ainda no início do século passado, num momento em que a Primeira Guerra Mundial havia revirado muitos países e deixado marcas cruéis na sociedade, Adler e Dreikus tinham a ousadia de defender que as crianças eram sujeitos de direitos tal qual os adultos e que mereciam ser tratadas com princípios democráticos de dignidade e respeito.
.
Estes princípios nortearam a prática e o trabalho de Nelsen, que desenvolveu a abordagem conhecida como "Disciplina Positiva", uma maneira de educar crianças e adolescentes  para que se tornem respeitosos, responsáveis e cooperativos através de um percurso que não é nem permissivo, ausente ou demasiadamente flexível, tampouco autoritário, violento, rígido ou desrespeitoso.
.
A disciplina positiva defende uma educação firme e gentil ao mesmo tempo, que escuta e envolve a criança e que encoraja ao autoconhecimento e à autonomia.
.
Agora que você já sabe o que é a DP, me conta o que achou!
Vamos conversar?

4oito

Deixe seu comentário