Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Violência contra a mulher: Polícia atende mais de mil vítimas em um mês

Segunda edição da Operação Resguardo, em Santa Catarina, registrou 1.087 mulheres vítimas de violência em 30 dias
Por Redação Florianópolis, SC, 08/03/2022 - 18:09
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Durante a segunda edição da “Operação Resguardo”, realizada nos últimos 30 dias, a Polícia Civil de Santa Catarina cumpriu 44 mandados judiciais, prendeu 97 pessoas e atendeu 1.087 mulheres vítimas de violência. Este é o resultado da segunda edição da Operação Resguardo, que está sendo encerrada nesta terça-feira (8), Dia Internacional da Mulher.

Além das prisões, 227 diligências foram realizadas e 533 medidas protetivas foram solicitadas. No total, 253 policiais estiveram envolvidos nas ações em Santa Catarina.

A Operação “Resguardo” aconteceu em todos os estados da federação e foi coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi). Nos últimos 30 dias, policiais civis de todo o país intensificaram as ações para buscar criminosos que cometeram diversos tipos de violência contra a mulher.

A operação contou com a parceria do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), responsável pelos canais de denúncias de violências – como o disque 180 e o Ligue 100.

Canais de denúncia

As denúncias de violência contra a mulher podem ser feitas por meio do Ligue 180 e de canais locais, de forma anônima. Qualquer pessoa pode acionar o serviço, que funciona diariamente, 24 horas, incluindo sábados, domingos e feriados.

O serviço cadastra e encaminha os casos aos órgãos competentes. Além disso, as delegacias estaduais também receberão denúncias presenciais.

Confira dados nacionais da segunda fase da Operação Resguardo:

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito