Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Veja quais profissões e setores mais empregaram em Criciúma em 2023

Levantamento exclusivo do 4oito também mostra quais mais demitiram
Por Renan Medeiros 01/02/2024 - 06:20

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Criciúma teve um saldo positivo de 1.991 postos de trabalho criados em 2023, resultado de 45.251 contratações e 43.260 desligamentos. Quem segurou o mercado de trabalho na cidade foi o setor de serviços, que fechou o ano com 2,4 mil admissões a mais que demissões. Isso compensou o mau desempenho da indústria, que demitiu 522 trabalhadores a mais do que contratou.

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta semana pelo Governo Federal. O portal 4oito analisou os dados para extrair todos os detalhes.

Apesar de ainda positivo, o número de empregos gerados em Criciúma mostra a continuidade de uma tendência de queda que já vem desde meados de 2022. Esse comportamento do mercado de trabalho também é observado em Santa Catarina e no Brasil.

Veja a evolução do saldo de empregos em Criciúma

(valores acumulados dos 12 meses encerrados em cada mês)

 

O pior resultado na geração de empregos veio especificamente da fabricação de azulejos e pisos, que encerrou 537 postos de trabalho formais na cidade ao longo de 2023. No lado oposto, atividades de vigilância e segurança privada, serviços advocatícios e limpeza em prédios e edifícios foram as que mais empregaram.

Veja, abaixo, quais as melhores e piores ocupações e atividades econômicas em termos de geração de empregos formais. Os números são referentes ao saldo, ou seja, à diferença entre as contratações e as demissões.

Em alta

As ocupações que mais empregaram em Criciúma em 2023

  1. Vigilante    +452
  2. Alimentador de linha de produção    +276
  3. Faxineiro    +132
  4. Consultor jurídico    +118
  5. Auxiliar de escritório    +116
  6. Montador de estruturas metálicas    +109
  7. Auxiliar nos serviços de alimentação    +107
  8. Servente de obras    +105
  9. Recepcionista, em geral    +102
  10. Assistente administrativo    +96

As atividades econômicas que mais empregaram em Criciúma em 2023

  1. Atividades de vigilância e segurança privada    +460
  2. Serviços advocatícios    +259
  3. Limpeza em prédios e em domicílios    +233
  4. Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis    +175
  5. Educação superior - graduação    +148
  6. Fabricação de embalagens de material plástico    +144
  7. Farmácias, sem manipulação de fórmulas    +104
  8. Transporte rodoviário de carga, exceto produtos perigosos e mudanças, intermunicipal, interestadual e internacional    +89
  9. Fabricação de cabines, carrocerias e reboques para caminhões    +83
  10. Fabricação de massas alimentícias    +80

Em baixa

As ocupações que mais sofreram com demissões em Criciúma em 2023

  1. Operador de máquinas fixas, em geral    -224
  2. Costureiro, a máquina na confecção em série    -92
  3. Costureiro na confecção em série    -66
  4. Ceramista    -66
  5. Cozinheiro geral    -56
  6. Gerente comercial    -50
  7. Supervisor administrativo    -46
  8. Operador de empilhadeira    -43
  9. Gerente de loja e supermercado    -38
  10. Supervisor de vendas comercial    -34

As atividades econômicas que mais demitiram em Criciúma em 2023

  1. Fabricação de azulejos e pisos    -537
  2. Confecção de peças do vestuário, exceto roupas íntimas e as confeccionadas sob medida    -301
  3. Carga e descarga    -152
  4. Hipermercados    -79
  5. Fabricação de máquinas e equipamentos para a agricultura e pecuária, peças e acessórios, exceto para irrigação    -76
  6. Comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios    -67
  7. Fabricação de equipamentos hidráulicos e pneumáticos, peças e acessórios, exceto válvulas    -59
  8. Condomínios prediais    -48
  9. Facção de peças do vestuário, exceto roupas íntimas    -35
  10. Incorporação de empreendimentos imobiliários    -32

Veja os números de geração de empregos por cidades no Sul

Região Carbonífera (Amrec)

Total: 89.191 admissões, 85.030 demissões, saldo positivo de 4.161.

Município Admissões Desligamentos Saldo
Balneário Rincão 1.787 1.563 +224
Cocal do Sul 2.443 2.444 -1
Criciúma 45.251 43.260 +1.991
Forquilhinha 5.512 5.304 +208
Içara 13.837 12.993 +844
Lauro Müller 1.976 1.811 +165
Morro da Fumaça 3.773 3.670 +103
Nova Veneza 3.804 3.931 -127
Orleans 4.560 4.168 +392
Siderópolis 2.309 1.977 +332
Treviso 361 430 -69
Urussanga 3.578 3.479 +99

Extremo Sul/Vale do Araranguá (Amesc)

Total: 26.768 admissões, 25.058 demissões, saldo positivo de 1.710.

Município Admissões Desligamentos Saldo
Araranguá 10.483 9.928 +555
Balneário Arroio do Silva 1.021 1.043 -22
Balneário Gaivota 799 751 +48
Ermo 836 789 +47
Jacinto Machado 845 773 +72
Maracajá 1.213 1.227 -14
Meleiro 834 708 +126
Morro Grande 202 184 +18
Passo de Torres 886 785 +101
Praia Grande 875 830 +45
Santa Rosa do Sul 629 595 +34
São João do Sul 699 774 -75
Sombrio 5.262 4.543 +719
Timbé do Sul 279 232 +47
Turvo 1.905 1.896 +9

Região de Laguna/Tubarão (Amurel)

Total: 70.254 admissões, 65.545 demissões, saldo positivo de 4.709.

Município Admissões Desligamentos Saldo
Armazém 1.354 1.330 +24
Braço do Norte 8.685 8.416 +269
Capivari de Baixo 2.763 2.638 +125
Grão-Pará 1.124 1.134 -10
Gravatal 1.562 1.648 -86
Imaruí 750 669 +81
Imbituba 8.595 7.843 +752
Jaguaruna 5.125 3.385 +1.740
Laguna 4.632 4.477 +155
Pedras Grandes 703 708 -5
Pescaria Brava 431 403 +28
Rio Fortuna 436 368 +68
Sangão 2.847 2.830 +17
Santa Rosa de Lima 131 115 +16
São Ludgero 3.415 3.215 +200
São Martinho 321 300 +21
Treze de Maio 1.368 1.289 +79
Tubarão 26.012 24.777 +1.235

Veja quais as cidades catarinenses com os melhores saldos de empregos em 2023

  1. Joinville    +9.428
  2. Itajaí    +6.262
  3. Florianópolis    +3.679
  4. Chapecó    +3.244
  5. São José    +3.086
  6. Palhoça    +3.057
  7. Navegantes    +2.228
  8. Criciúma    +1.991
  9. Itapema    +1.836
  10. Jaguaruna    +1.740

Veja quais as cidades catarinenses com os piores saldos de empregos em 2023

  1. São Bento do Sul    -1.075
  2. São João Batista    -770
  3. Rio do Sul    -376
  4. Caçador    -311
  5. Brusque    -285
  6. Rio Negrinho    -268
  7. Monte Carlo    -266
  8. Rio dos Cedros    -235
  9. Campo Alegre    -198
  10. Pomerode    -131

Copyright © 2022.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito