Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Vai ter "mergulho" na Centenário, anuncia Salvaro

Não ainda defronte à Rodoviária, mas sim no encontro do binário da Santos Dumont com a Centenário
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 26/11/2019 - 16:11Atualizado em 26/11/2019 - 17:19
Foto: Arthur Lessa / 4oito
Foto: Arthur Lessa / 4oito

Bem que o prefeito Clésio Salvaro tentou construir um "mergulho" na Avenida Centenário. Mas o projeto, que sairia do papel defronte à Estação Rodoviária, não vingou. Ainda. A intenção era rebaixar as pistas de tráfego para permitir a passagem dos pedestres no nível, sem a necessidade de passarelas. Mas não quer dizer que a principal via da cidade não vá ganhar o seu "mergulho".

É que a construção do binário da Avenida Santos Dumont vai permitir a construção. "Vai ter um mergulho ali perto dos trilhos", anunciou Salvaro. Será no encontro da futura via ampliada com a própria Centenário, na altura do Bairro Pinheirinho, ao lado do Posto Pinheirão (apenas referência). O "mergulho" no encontro das avenidas foi assunto há pouco, em entrevista coletiva que o prefeito concede no Paço Municipal para fazer um balanço do ano.

Salvaro assinou, nesta tarde, o contrato com a empresa que venceu a licitação para executar a primeira etapa do binário, avaliada em R$ 40 milhões e financiada pelo Fonplata. Mas o prefeito não desistiu de construir o outro "mergulho", aquele diante da Rodoviária. Em entrevista à Rádio Som Maior nesta segunda-feira, 25, no Programa Adelor Lessa, ele reforçou a intenção de colocar o projeto em prática.

Confira também:

Obra do mergulho da Centenário só depois de esclarecimentos no MP

Duas empresas na disputa pelo "mergulho da Centenário"

Da passarela ao "mergulho da Centenário"

Dois pareceres contra os mergulhos na Centenário

Homologada a ordem de serviço à empresa Confer, vencedora da licitação, ela já está autorizada a instalar o canteiro de obras. Serão 30 meses de trabalhos para esta etapa do binário. "Essa primeira etapa do Fonplata, são 17 milhões de dólares, a Confer apresentou a melhor proposta, é uma concorrência internacional. Estamos homologando hoje a licitação, roda o contrato e já tem condições de instalar o canteiro", confirmou Salvaro. "É uma obra extraordinária que vai mudar não somente o Bairro São Luis, mas todo o trânsito da cidade", reforçou. "Muitos que estão no Pinheirinho e vão pegar a Luiz Rosso ou a Via Rápida poderão vir por aqui", destacou.

Salvaro lembrou, ainda, do projeto - hoje recordado pelo 4oito - de construção de uma outra rodovia que ligará o Bairro Jardim Angélica à Rodovia Luiz Rosso, que é a extensão da Rua Antônio Scotti. "Um investimento de mais de R$ 5 milhões", enalteceu.

Foto: Arthur Lessa / 4oito

Um novo centro para idosos

Salvaro anunciou ainda a construção de um novo Centro de Convivência da Terceira Idade. Será no Parque das Nações, na Próspera, com um projeto de R$ 4 milhões.

O prefeito tratou, também, da oferta de vagas na educação infantil na cidade. Anunciou a instalação de "mais duas ou três creches que vão garantir o número necessário de vagas na cidade". Salvaro frisou que "não tem datas ainda, mas que há vagas para crianças e faltam para idosos" nos atendimentos de educação e sociais na cidade.

Mais detalhes sobre o balanço do ano com o prefeito no programa Ponto Final, na Rádio Som Maior, a partir das 18h.

Foto: Arthur Lessa / 4oito