Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Uma prova de emoções, superações, campeões e sem chuvas

Mais de 1,2 mil pessoas participaram da 3ª Meia Maratona Caixa de Criciúma no domingo, no Parque das Nações
Por Lucas Renan Domingos Criciúma, SC, 17/09/2018 - 08:00
Ana Claudia Rodrigues foi a vencedora dos 21k na prova disputada entre as mulheres / Foto: Guilherme Hahn/Especial
Ana Claudia Rodrigues foi a vencedora dos 21k na prova disputada entre as mulheres / Foto: Guilherme Hahn/Especial

A 3ª Meia Maratona Caixa Criciúma começou a ser preparada ainda em 2017, assim que a segunda edição chegou ao fim. Dias antes da realização da terceira 21K, a prova estava praticamente pronta, faltando os últimos detalhes. A preocupação maior surgiu nos últimos dias: a chuva. Ela chegou a aparecer, timidamente, minutos antes do início da competição, mas foi espantada pela buzina da largada acionada pelos medalhistas olímpicos Edson Luciano, um dos idealizadores da Meia Maratona, e Claudinei Quirino, padrinho da 21K este ano.

Ao todo foram 1,2 mil inscritos para a disputa dos cinco, dez e 21 quilômetros de corrida e cinco de caminhada. O primeiro atleta a chegar foi Eduardo Baltazar, de Torres. Ele foi o campeão do 5k masculino. “Foi muito bom. Ontem fui bicampeão em São Leopoldo no RS e hoje aqui. Lá foram 3 mil metros”, disse. No feminino, a grande campeão do 5k foi Natália dos Santos Bitencourt a atleta fechou a prova em 21min19seg. No 10k, os vencedores foram John Lennon Souza pelo masculino com 33min30seg de prova e Daiane Furla, no feminino, com a marca de 40min30seg.

Os mais esperados

 

Os grandes esperados eram os campeões do 21k. No masculino, o maratonista Jurandyr Couto Júnior dominou a competição e cruzou, tranquilamente a faixa esticada na chegada para comemorar o título da prova de maior quilometragem da corrida. Foram 21 quilômetros superados em um tempo de 1h11min53seg, superando o vice-campeão, Leandro de Oliveira, que fechou a prova em 1h12min21seg.

"Eu estava voltando de lesão", contou Jurandyr. "Primeira vez que corro aqui. Estou feliz. Ritmo bom. Tenho um dos melhores tempos do Brasil em meia com 1h05 e fazer aqui em 1h11 é como um treino", contou o campeão.

Ana Claudia Rodrigues foi a vencedora dos 21 quilômetros entre as mulheres. Ela completou o percurso com o cronômetro marcando 1h27min50seg. "Foi muito bom. A chuva deu uma trégua. O sol quis aparecer. Percurso muito bom. Bem sinalizado", destacou Ana.

Desafiar os próprios limites

 

O discurso entre os campeões da 3ª Meia Maratona Caixa de Criciúma era comum. Todos disseram estar acostumados em participar de provas semelhantes e preparados há tempos para enfrentar o circuito. Mas, entre as 1,2 mil pessoas que estiveram competindo, havia quem resolveu desafiar seus próprios limites.

Pela primeira vez participando de uma Meia Maratona, o técnico em informática, Henrique Huppes, estava encantado com seu desempenho. Ele correu os 21 quilômetros e chegou a testar o trajeto da prova dias antes da Meia Maratona. “Eu realmente não esperava. Consegui controlar meu corpo minha mente. Mais do que competir essa prova nos ensina que devemos nos superar e eu consegui. Realmente grato por esse dia”, exaltou.

Outro exemplo de superação é o do içarense Dione da Silva. Cego dos dois olhos ele é atleta de jiu jitsu. Estava participando dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) de 2018 até o meio da semana, em Caçador. No fim de semana resolveu aceitar o desafio de correr os cinco quilômetros da 21K.

“Há 13 anos sofri um acidente e perdi uma das vistas. Mas sou grato a tudo que está acontecendo em minha vida. Voltei de viagem foram dez horas de ônibus que me fez sentir um pouco a perna. Mas é uma preparação. No Parajasc, em novembro vou disputar os 800 metros e arremesso de peso no atletismo”, explicou Dione.

Depois do correria, o alívio

Foram meses dedicados a organização do evento, mas, no fim, deu tudo certo. Ainda com os últimos participantes finalizando as suas provas, Edson Luciano, um dos idealizadores da prova, já se dizia satisfeito com o resultado. “O tempo colaborou. Foi a manhã toda pensando na chuva, no conforto dos corredores dentro do parque e do percurso. Muito feliz de ver esse evento mais uma vez acontecendo”, comentou.

Quem também gostou da Claudinei Quirino, padrinho da prova. “Eu fiquei impressionado. Tudo bem organizado. Uma honra poder ser padrinho e estar participando dessa grande festa. Gostei da cidade de Criciúma, fui no jogo do time e muito bem recebido. Aqui no Sul eu sou Tigre”, alegou. Agora o foco da 3LR Sports, organizadora da Meia Maratona está no ano que vem. “Não tem como não falar em 2019. Já estamos pensando em nome pra padrinho e já vendo algumas coisas. Esperamos puder realizar mais uma vez”, finalizou Luciano.

 

Resultados da 3ª Meia Maratona Caixa Criciúma

 

5k Masculino:

1 - Eduardo Bandeira Baltazar - 00:16:52

2 - Vinicius Miranda da Silva - 00:17:14

3 - Natã Prestes Nascimento - 00:17:23

4 - Paulo Lucas dos Santos Dorneles - 00:17:51

5 - Alan Santiago Rodrigues - 00:18:57

 

5k Feminino:

1 - Natália dos Santos Bitencourt - 00:21:22

2 - Érica Schardosim da Silva - 00:21:47

3 - Janara Marques Souza - 00:22:23

4 - Scheila Cavalheiro Amaral - 00:23:21

5 - Ketrin Wiggers - 00:23:31

 

10k Masculino:

1 - John Lennon Souza Antonio - 00:33:30

2 - José Daniel dos Santos Baranoski - 00:33:40

3 - Edinho Batista Nazarkéwicz - 00:37:10

4 - Marcos Andre Pereira - 00:37:11

5 - Filipe Semler Luiz - 00:38:58

 

10k Feminino:

1 - Daiane Furlan - 00:40:30

2 - Franciele Vingla Steinick - 00:43:59

3 - Alessandra Camilo - 00:45:52

4 - Elisangela Valgas Ferreira Fernandes - 00:47:06

5 - Michele Ouriques Honorato - 00:50:20

 

21k Masculino:

1 - Jurandyr Couto Junior - 01:11:53

2 - Leandro Marcelinho de Oliveira - 01:12:21

3 - Patricio Macedo dos Santos - 01:14:59

4 - Osvaldo Nascimento de Sousa - 01:15:43

5 - Willian Muraro da Silva - 01:18:48

 

21k Feminino:

1 - Ana Claudia Maria de Jesus Rodrigues - 01:27:50

2 - Carolina Conceição - 01:36:04

3 - Sibele Silveira Rodrigues - 01:36:33

4 - Giselle Loncoman - 01:42:07

5 - Clarice Campos - 01:43:36