Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Um Tigre mudado para buscar a vaga

Doriva fecha treino, confirma volante na equipe e deixa fortes evidências de retorno do lateral
Por Lucas Renan Domingos Criciúma, SC, 21/02/2019 - 08:59
Foto: Daniel Búrigo/A Tribuna
Foto: Daniel Búrigo/A Tribuna

Doriva vai mudar a equipe para enfrentar o Oeste na noite de hoje. Foi isso que confirmou o próprio técnico antes da atividade com portões fechados ontem, no Centro de Treinamentos Antenor Angeloni. “Vou fazer, sim. Apesar da equipe ter dado um bom respaldo na Copa do Brasil. Já não foi da mesma maneira no jogo contra o Joinville”. Duas mudanças estão praticamente certas na equipe. O treinador confirmou o retorno de Zé Augusto e garantiu que Maicon está 100% pronto para voltar. “Tem grandes chances de ir para o jogo”, afirmou.

No ataque ficam as maiores dúvidas. Julimar ganhou a titularidade como centroavante, no lugar de Pedro Bortoluzo, diante do São Raimundo, quando fez boa partida. Diante do Joinville, passou em branco na partida e foi substituído. “Eu não vou contar. Vou fazer alterações que eu acho que tem que ser feitas. O Zé (Augusto) eu já adiantei que volta para a equipe. Alteração no meio campo”, acrescentou.

Na frente ele continua sem contar com Ceará. “O Ceará voltou a sentir ontem um incômodo no treinamento e não está confiante. Acho que ele nem tem lesão propriamente dita. Tem um hematoma, mas tem estado incomodado. E a gente não pode colocar um atleta mais ou menos dentro de campo”, afirmou o técnico. Para a vaga do atacante, tem Andrew, Reinaldo e Marcinho Júnior. Ontem o treinador também conversou um bom tempo em particular com Gabriel Henrique, que não será surpresa se aparecer na linha de ataque.

Postura diferente

Mais do que mudanças nas peças que vão a campo, Doriva aponta que sua equipe necessita mudar a postura dentro de campo. “A gente precisa de sequência. Tivemos duas vitórias consecutivas depois perdemos para o Joinville, que foi um jogo, no meu modo de ver, onde entramos muito desligado e tivemos ali falhas individuais que nos custaram”, avaliou.

“Temos buscado as alternativas dentro do a gente tem. Os atletas tem entrado. Os que dão feedback positivo, continuam. Os que, no meu entendimento, não rendem, a gente troca. O futebol é assim”, disparou.

O treinador voltou a reclamar da falta de gols da equipe e aguara que, diante do Oeste, seja diferente. “Temos ficado com a bola. Só não transformamos esse momento em gols. E isso tem me desagrado bastante. Os atletas tem que melhorar o aproveitamento deles de finalização. Não adianta você ter o controle da partida e não ser contundente para fazer os gols. Essa é a verdade”, ressaltou Doriva.