Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Tribunal de Justiça garante R$ 1 milhão para medidas compensatórias pelo Case Sul

Próximo pleito é para que Estado encaminhe mais R$ 2,7 milhões para primeira parte da pavimentação
Por Francine Ferreira Criciúma, 10/08/2018 - 07:00
Jhulian Pereira
Jhulian Pereira

O impasse envolvendo a liberação do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Sul e das medidas compensatórias pela construção está próximo de ser solucionado. Em reunião ontem, em Florianópolis, o presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ/SC), Rodrigo Collaço, anunciou o repasse de R$ 1 milhão da instituição, para que a Administração Municipal inicie as obras de pavimentação no entorno da unidade.

Conforme Collaço, o recurso é proveniente de infrações penais cometidas pelas pessoas e julgadas pelo órgão. “O Tribunal de Justiça está tentando ajudar a solucionar o impasse, não só como uma entidade neutra para aproximar as partes, mas contribuindo com R$ 1 milhão para tornar irreversível o compromisso de fazer a obra que a comunidade tanto reivindica. Vamos entrar em contato com o prefeito, pedir a documentação e tão logo a gente receba, podemos liberar o valor”, completa.

Trata-se de uma primeira parte - de 3,2 quilômetros da Rua Pedro Liberato Pavei, que vai da BR-101 até a divisa de Criciúma com Araranguá, passando pela frente do Case Sul - que está orçada em R$ 3,7 milhões. Nesse âmbito, o Governo do Estado deve liberar os R$ 2,7 milhões faltantes para essa etapa inicial.