Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Tigre cria pouco e empata com o Brusque

Jogo fora de casa deixou o Criciúma a 2 pontos do G-4
Por Erik Behenck Brusque - SC, 21/03/2019 - 21:52Atualizado em 21/03/2019 - 21:58
(fotos: Lucas Cardoso / Brusque FC)
(fotos: Lucas Cardoso / Brusque FC)

Na estreia do técnico Gilson Kleina, o Criciúma empatou fora de casa contra o Brusque. A partida não saiu do zero. Com o resultado a equipe continua em 6º lugar, agora com 18 pontos e a dois do G-4, onde está o adversário da noite. Menos de 2 mil torcedores estiveram no estádio. O Tigre volta a campo no próximo domingo (24), quando recebe o Avaí pela 15ª rodada.

Primeiro tempo agitado, mas sem gols

O Brusque começou empolgado, chegando aos 7 minutos, com bola lançada na área, na primeira com Jefferson Renan cabeceando para fora. Depois Isac recebeu de Edílson e arriscou para o gol, mas Bruno Grassi salvou tranquilo para o Criciúma. A primeira chegada carvoeira foi aos 15, com Daniel Costa batendo falta para fora.

Nos minutos seguintes as melhores jogadas continuaram sendo trabalhadas pelos donos da casa, novamente tentando cruzamentos para a área. Aos 30 Jefferson Renan recebeu bem posicionado e mandou para o gol, jogando para fora. A melhor chance do Tigre foi aos 41, com Daniel Costa chutando e a bola desviando.

Mais do mesmo na segunda etapa

As equipes voltaram para o segundo tempo sem alterações. A primeira tentativa foi dos donos da casa, com Jefferson Renan aos 3 minutos. O jogo seguiu com pouco movimentação e sem criatividade. Julimar mandou uma bomba de longe aos 17, mas pegou na marcação.

Aos 26 Kleina fez a primeira mudança, tirando o volante Consendey para a entrada do atacante Bortoluzo. O Brusque voltou a assustar aos 36, com Clebinho mandando para a área e Cleiton cabeceando. O árbitro deu 5 minutos de acréscimos, e ficou nisso 0 a 0.

BRUSQUE

Paulo Sérgio; Edílson, Cleyton, Ianson e Neguette; Ruan, Everton Dias, Airton (Vicente) e Clebinho; Jefferson Renan e Isac

CRICIÚMA

Bruno Grassi; Maicon, Sandro, Derlan e Caíque; Zé Augusto, Bruno Consendey (Pedro Bortoluzo) Eduardo e Daniel Costa (Marcinho); Reis e Julimar (Reinaldo).