Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Tempos de eleições para os Conselhos Locais de Saúde

Conselheiros que serão eleitos nas próximas semanas vão servir nas comunidades e bairros
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 16/11/2019 - 14:19Atualizado em 16/11/2019 - 14:20
Divulgação
Divulgação

Vários Conselhos Locais de Saúde - braços do Conselho Municipal nas comunidades e bairros - estão com eleições abertas para renovar as suas representações. "É um instrumento importante de interação da população com as políticas públicas de saúde no município", afirma a vice-coordenadora dos Conselhos Locais de Saúde de Criciúma, Rindalta de Oliveira.

Entre os bairros que já agendaram suas eleições de conselhos estão o Sangão (no próximo dia 28), Colonial (dia 29) e em dezembro nos bairros Argentina (dia 5), Próspera (dia 10), Santo Antônio (dia 12) e Brasília (dia 17). "No Santo Antônio, por exemplo, não completou dois anos da atual gestão, mas como o Conselho não estava atuante, fixamos essa data para antecipar o processo e tornar o grupo ativo de novo", explica Rindalta.

Há outros bairros onde levantamentos estão sendo feitos para definir renovações. "São vários onde estão vencendo os dois anos da última eleição, que é o prazo limite. São dois anos de mandato", observa a vice-coordenadora. Para participar das eleições é necessário residir na comunidade a ser representada. "Tem que ser morador da localidade, pode ser uma unidade ou várias unidades juntas", detalha. "Há o caso do Centro por exemplo, onde a Unidade Básica de Saúde e o conselho compreendem dez bairros", enumera.

Existem casos de bairros onde não foi possível montar a eleição por falta de interessados em integrar os conselhos. "Mas a maioria tem disputas ferrenhas. Na Próspera, por exemplo, parece uma eleição de vereador, bem concorrida. Lançamos o edital e são trinta dias para as chapas se organizarem. Se tiver uma só chapa vamos lá e fazemos a posse, senão fazemos eleição normal, verificamos se as pessoas realmente moram na localidade, montamos comissão eleitoral e levamos cédulas", refere.

Passadas as eleições, o Conselho Municipal de Saúde promoverá uma capacitação que será extendida também aos conselheiros locais.