Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

"Sistema de tubulação é antigo", afirma prefeito de Araranguá

Ao todo, 34 famílias estão desalojadas e 26 desabrigadas. Situação do rio está estável
Por Enio Biz Araranguá, SC, 05/05/2022 - 15:54 Atualizado em 05/05/2022 - 16:40
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Araranguá foi um dos municípios mais afetados com a chuva dos últimos dias. As atenções ficaram voltadas para o nível do rio, além da situação dos bairros, principalmente o Barranca, o mais castigado. Em toda a cidade são 34 famílias desalojadas e 26 desabrigadas. Algumas pessoas foram levadas para casas de famílias, abrigos, e até mesmo para outras cidades.

Em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (05), o prefeito César Cesa deu uma informação importante. Já está pronto um projeto para tornar Araranguá uma cidade híbrida, porém, o investimento é de aproximadamente R$ 40 milhões.

"Nós já iniciamos. O projeto já está pronto. Nós devemos ter mais de 50 km de valo comunitário porque nós nos preparamos um pouco antes para isso, caso contrário a situação poderia ser ainda pior. Já estamos fazendo algumas ruas e elas darão um alívio. Inclusive, já estão licitadas. É algo que demora porque o projeto todo é estimado em 40 milhões", informa.

O Plano de Contigência teve início ainda na segunda-feira (02). No dia seguinte, o prefeito decretou situação de emergência. "Decretamos situação de emergência em função da elevação do rio. Uma equipe nossa se deslocou até Morro dos Conventos e abrimos um canal que tem dado um suporte bastante interessante. A quantidade de água que tem passado por esse canal aliviou muito a questão das cheias. No dia 4, devido o grande volume de água que estavam descendo na Serra, invadindo a Barranca, Baixadinha, Vila São José, Ilhas, nós iniciamos rapidamente a retirada das pessoas", frisa César Cesa.

O prefeito pontuou uma situação gravíssima em Araranguá. "São quase 700 km de estrada de chão. O sistema de tubulação é antigo e quando chove muito estoura em muitos lugares. E isso vai levar um pouco de tempo para ser resolvido".

O rio Araranguá está estável. "Está na faixa de 2,95 metros. Ele se mantendo assim e parando de chover na encosta da Serra, aos poucos as coisas vão se normalizando. O poder público nos próximos dias vai fazer um trabalho de recuperação nas vias públicas e tratamento das pessoas. Acredito que na virada de domingo para segunda a gente comece a voltar a normalidade", afirma o prefeito.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito